logoSign upLog in
Nutricionista Claudia Silvestre

Nutricionista Claudia Silvestre

To Médicos e profissionais da área da saúde14/07/2015

Experimente usar alguns “truques” da Terapia Cognitiva para obter mais sucessos em seu programa de perda de peso. A Terapia Cognitiva baseia-se no conceito de que a maneira como as pessoas pensam afeta o que elas sentem e o que elas fazem. Digamos que você pense: “Estou com fome”. Se, em seguida, tiver um “pensamento sabotador”: ... “Como isto é horrível!” ... “Não posso tolerar”... ... “Tenho que comer”. Você vai ficar apavorado e vai sair atrás de comida. Por outro lado, se você contrariar esses pensamentos com “respostas adaptativas" : “Tudo bem. Vou comer dentro de poucas horas. Posso esperar”... Você se sentirá no controle da situação e acabará se envolvendo em outras atividades. A terapia cognitiva o ajuda a identificar os pensamentos sabotadores e a responder a eles de maneira adaptativa, o que leva você a se sentir melhor e a se comportar de maneira mais funcional. Pensamentos sabotadores tornam a dieta mais difícil em vários aspectos e eles incentivam você a comer. Observe que você têm inúmeros pensamentos "de permissão", que o autorizam a racionalizar aquilo que come. Eles começam, muitas vezes, com a seguinte frase: “Eu sei que não devo comer isto, mas tudo bem porque...” e terminam com inúmeras desculpas, como, por exemplo... ... tive um dia difícil; ... é uma comemoração; ... irá tudo para o lixo; ... eu quero tanto; ... não vai fazer diferença. E por aí vai. Pensamentos sabotadores minam sua autoconfiança. São pensamentos que surgem depois que você comeu algo que acha que não deveria. Por exemplo, em vez de simplesmente dizer para si mesmo: “Tudo bem, eu errei; eu não poderia ter comido, mas vou comer direito a partir de agora” ... você acaba dizendo: “Foi terrível comer; sou tão fraco. Eu, simplesmente, não serei capaz de emagrecer”. Esse tipo de pensamento também pode surgir quando você se pesa e vê que seu peso aumentou, embora você esteja comendo adequadamente. Em vez de dizer para si mesmo... “Tudo bem! Isto não é tão grave assim, vou continuar fazendo o que tenho feito e meu peso, provavelmente, vai diminuir na próxima semana; e, se não diminuir vou resolver esse problema” ...você acaba dizendo: “Isto é terrível, nunca vai dar certo. Devo desistir agora”. Pensamentos sabotadores aumentam seu nível geral de estresse. Fazer dieta requer tempo e energia, por isso é importante reduzir seu estresse geral, o máximo que puder. Se você puder identificar os estímulos que provocam os pensamentos sabotadores e que o levam a comer de maneira inadequada, você poderá minimizar sua exposição a eles ou mudar a forma de enfrentá-los. A terapia cognitiva o ajuda a resolver problemas práticos e psicológicos, e também a aprender novos pensamentos e novas habilidades comportamentais, ferramentas que você poderá utilizar pelo resto da sua vida. Além de superar seus problemas atuais, você também aprenderá a utilizar as novas habilidades para resolver problemas futuros. Extraído do livro: Pense Magro

Nutricionista Claudia Silvestre
Relevant