logoSign upLog in
Nutricionista Claudia Silvestre

Nutricionista Claudia Silvestre

To Médicos e profissionais da área da saúde31/07/2015

O interesse sobre os efeitos dos termogênicos se dá também, porque muitos programas de redução de peso muitas vezes falham em alcançar a manutenção do peso perdido em longo prazo. E um dos termogênicos muito estudado é o chá verde. Uma grama de folhas da erva Camellia sinensis em 100ml de água quente, proporciona aproximadamente 250-350 mg de material sólido: 35-45% de catequinas e 6% de cafeína. Epigalocatequina galato (EGCG) é o principal componente das catequinas do chá verde. Os efeitos termogênicos do chá verde resultam das interações entre catequinas, cafeína e noradrenalina. A catequina inibe a enzima responsável por degradar a noradrenalina, o que acaba por prolongar seu efeito. E a cafeína prolonga o efeito da mesma na célula. Essa interação sinérgica resulta em um aumento e efeito prolongado da noradrenalina na termogênese. Um estudo demonstrou que epigalocatequina galato, assim como a cafeína, sozinhas não alteraria o gasto energético, no entanto em combinação com outros componentes bioativos no chá verde haveria um aumento na termogênese. Outro estudo muito interessante demonstrou que a ingestão habitual de cafeína poderia anular o efeito do chá verde. Baixos consumidores de cafeína apresentaram uma melhor manutenção de peso quando comparado com os altos consumidores. A melhor forma de preparar a infusão de chá verde é com água mineral e na temperatura de 70ºC (ou seja, quando pequenas bolhas se formam no fundo da cafeteira). Quanto ao tempo de infusão, em geral, é suficiente aguardar cerca de 3 minutos. Embora alguns estudos demonstrem efeitos controversos sobre a eficácia do chá verde, evidenciam-se benefícios com o uso habitual desta bebida. Também não há um consenso em relação à quantidade de bebida que deve ser ingerida para que se obtenha seus benefícios, no entanto parece que em torno de três copos por dia, equivalente a, aproximadamente, 240 a 320mg de polifenóis já fariam efeito positivos na termogênese. O chá verde é comercializado de diversas formas no mercado, como em folhas, em sachês, embalagens PET, enlatados ou em cápsulas. Essas mercadorias possuem teores diferentes de polifenóis. Os produtos industrializados são pouco aconselháveis, por conterem conservantes e baixa quantidade de compostos ativos. A venda das cápsulas tem sido uma das preocupações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que não reconhece a eficácia do chá produzido dessa maneira. Embora seja uma bebida comprovadamente funcional, é necessário que haja moderação. O excesso da bebida pode sobrecarregar o fígado, causar irritações na mucosa do estômago e trazer insônia e irritabilidade. Fontes: Amorim C.A. Ferreira, M.A.P. Navarro, F. Efeito da epigalocatequina galato do chá verde sobre a redução ponderal, a termogênese e a oxidação lipídica. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo v. 1, n. 6, p. 32-39, Novembro/Dezembro, 2007. ISSN 1981-9927. Duarte, J.L.G. Pretto, ADB. Nörnberg, FB. Conter, LF. A relação entre o consumo de chá verde e a obesidade: revisão. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, São Paulo. v.8. n.43. p.31-39. Jan/Fev. 2014. ISSN 1981-9919 31 Freitas, HCP. Navarro, F. O chá verde induz o emagrecimento e auxilia no tratamento da Obesidade e suas comorbidades. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, São Paulo v. 1, n. 2, p. 16-23, Mar/Abr, 2007. ISSN 1981-9919.

Nutricionista Claudia Silvestre
Relevant
  1. Nutricionista Claudia Silvestre
    17/09/2015 #2Nutricionista Claudia Silvestre
    #1 Oi Greice! O gengibre é um termogênico, ou seja, ele vai auxiliar na perda de peso. Só tomar o gengibre não vai resolver. É fundamental um dieta saudável e exercícios físicos.
    Reply
  2. Greice Daniele Leão Neitzel
    16/09/2015 #1Greice Daniele Leão Neitzel
    O gengibre ajuda a emagrecer?Qual sua opinião?
    Reply