logoSign upLog in
Nutricionista Claudia Silvestre

Nutricionista Claudia Silvestre

To Médicos e profissionais da área da saúde17/09/2015

De tempos em tempos surge um superalimento respaldado por dezenas de artigos dizendo que podem curar câncer, emagrecerem, desintoxicar... Mas a informação importante que falta em todos esses artigos que você precisa manter em mente caso contrário, é provável que você se decepcione com os resultados é que fundamentalmente, superalimentos não vão fazer nenhuma diferença se você mantiver uma dieta e um estilo de vida desequilibrados. Já está bem documentado que o licopeno, um antioxidante encontrado no tomate, pode prevenir câncer de próstata e também problemas cardiovasculares. Esta é uma grande notícia, mas tomates por si só não pode salvar o seu coração. Seu corpo precisa de mais apoio. O coração e o sistema cardiovascular precisa de muitos outros nutrientes como magnésio, cálcio, potássio, a vitamina C e também exercícios físicos, ar limpo e gestão do stress e do peso corporal. Comer só tomates todos os dias, não é a solução. Você vai precisar comer uma variedade de frutas, vegetais e carnes também porque todos eles vão fornecer nutrientes para que você possa ter uma saúde cardiovascular ótima. Os nutrientes trabalham em sinergia e você precisa de todos. Você pode estar utilizando o melhor super alimento, mas as panelas que você usa para cozinhar, os potes que você leva ao freezer e depois ao microondas, os aditivos químicos que você usa... vão interferir ou minimizar os efeitos desse alimento em sua saúde. Comer superalimentos pela manhã e ter durante o dia uma alimentação baseada em fast food, alimentos refinados, industrializados, cheios de corantes e aditivos quimicos é uma grande perda de tempo e dinheiro. Que os exercícios físicos são fundamentais para a manuteção da saúde e prevenção de muitas doenças é certo. No entanto se você se exercita ao ar livre onde há grande circulação de automóveis liberando gases tóxicos isso anulará os efeitos benefícos dos exercícios e possivelmente de qualquer superalimento que você tenha comido. Os efeitos do estresse sobre os nossos corpos são muitas vezes subestimado e ignorado. Antidepressivos ou drogas para dormir ou relaxar, são medidas paliativas que não ajudam a eliminar a fonte de stress, ou os efeitos deletérios que ele causa. Estresse leva a uma cascata de reações hormonais que levam a inflamação e cansaço crônicos, problemas emocionais graves a moderado, dores de cabeça, ataques cardíacos e interfere com a respiração, ou seja, prejudica o organismo inteiro. Parece que também pode levar ao câncer. Assim, a recomendação de comer um monte de algum superalimento para prevenir alguma doença torna-se um irrelevante, se você estiver sob estresse constante. Então, a próxima vez que você ler algum artigo afirmando que o extrato de semente de uva ajuda a equilibrar os hormônios femininos, cogumelos Chaga mata as células cancerosas, ou maçãs o mantém longe do médico, considere que um alimento ou nutriente isoladamente não vão promover a saúde sozinho. É preciso uma série de medidas e atitudes que em conjunto lhe trarão mais qualidade de vida. Vá em frente e coma os alimentos super saudáveis, mas tenha em mente que se você não tiver uma alimentação e um estilo de vida saudável eles farão muito pouco por sua saúde. Fonte: Don't Buy Into This Miracle Food Myth http://www.greenmedinfo.com/blog/dont-buy-miracle-food-myth

Nutricionista Claudia Silvestre
Relevant
  1. Nutricionista Claudia Silvestre
    25/09/2015 #2Nutricionista Claudia Silvestre
    #1 Você está corretíssima.... é por aí. E a minha função como nutri é informar e ensinar que nada é melhor que uma alimentação equilibrada.
    Reply
  2. VANESSA SANTOS SILVA
    25/09/2015 #1VANESSA SANTOS SILVA
    Corretíssima Cláudia!!! Há um marketing intenso no consumo destes alimentos isolados e pouca informação sobre a questão de que ninguém trabalha só. Eu preciso de você e você precisa de mim. Com o nosso organismo não seria diferente...Os alimentos caracterizados como "SUPER" proporcionam sim efeitos benéficos, mas só terá o resultado esperado se houver como dito por ti a sinergia, ou seja, a interação com outros nutrientes. Devemos SEMPRE e INCANSAVELMENTE propagar o EQUILÍBRIO ALIMENTAR nas diversas refeições diárias .
    Reply