logoSign upLog in
César Machado

César Machado

To Comunicação e Jornalismo05/01/2016

Desafios de redator em mundo digital

O que se pensa:
O redator publicitário é aquele astro das palavras. Descolado e criativo, cria em instantes uma chamada ou slogan brilhante. Devora livros porque tem sempre muito tempo livre ou por puro hobbie.

A verdade
Redator trabalha 24 horas por dia, ininterruptamente. Pensa o tempo todo, escreve, reescreve, repensa.
O maior inimigo: o que já criou ou já foi criado, pois espera-se originalidade constante. Dificilmente entende-se que até um slogan pode ser fruto de horas de trabalho.

Para mim, escrever sempre foi desafio renovado.
Mais do que despejar palavras, ela tem que se conectar com quem lê.

É preciso, sim, estudar, entender do que você escrever, conhecer quem lê para saber transmitir informação, emoção e conceito de um cliente.

Mais... Ao escrever para o mercado você deve lembrar que:

- Não escreve para si. Poucos redatores podem se dar ao luxo de manter um estilo e escrever o que querem, como querem. Um redator publicitário precisa vestir a identidade do cliente e entender a forma como o público dele lê, age e pensa.

- Você não cria sozinho.
O trabalho de redação publicitária usualmente "casa" com o trabalho de outros profissionais, sejam eles diretores de arte, produtores audiovisuais (vídeo, áudio, etc) e, mais recentemente os profissionais das mídias digitais.

Num trabalho coletivo é o redator que precisa ser camaleão.

Sobre o ato de escrever, gosto de dizer que...

- As palavras tem peso, cor, sabor, timming... Portanto provocam sensações.
Ter texto ágil. Produzir impacto. Ser objetivo. Manter-se claro. Saber motivar. Induzir ação imediata. Permitir leitura rápida... Requer um perfil de texto.

No entanto quando pensamos em usar palavras para fascinar, buscar formas de seduzir, permitindo um envolvimento e encantamento mais sutil. Buscamos a leveza de uma pluma, descrevemos a suavidade de um acolhimento, descrevemos as faces de um encanto nostálgico... O estilo que se desenha ao longo das linhas é completamente diferente.

Perceberam a diferença?

- O tipo de efeito e resultado depende de onde e como o texto aparece.

Ao escrever um texto técnico que será estampado em papel você deve se permitir uma certa rigidez textual. Terá cuidado com todas variáveis gramaticais e pensar o encadeamento das informações sabendo que quem lê pode navegar pelo texto livremente.

Já quando um texto para mídias audiovisuais deve ser escrito para o ouvido.
Isto dá características diferentes, mais coloquiais, mais próximas do sujeito e se permitir entender que você pode carregar informações mas o meio é mais propício para produzir emoções.

- O mundo mudou e perfil de redator precisa se reinventar
Cada vez mais se produz para mídias digitais. Textos curtos, de rápido impacto e perfil "viral" são as vedetes do momento.
Alguns dizem que a nova geração não lê... Mas a grande verdade é que leem mais, conteúdos mais pessoais, de maneira mais instantânea, rápida e por vezes superficial.

De qualquer forma. Ser capaz de desenvolver um bom texto digital é como criar um slogan a cada fração do post ou publicação on-line.

Mais que isso, você precisa ser genialmente criativo para associar informação, produzir sensação e motivar algum tipo de ação tendo em vista o perfil de seus "seguidores" ou de seu cliente.

Se você é um redator voltado para o mercado... Vai entender alguns destes desafios facilmente.

César Machado
Relevant
  1. Bruna Eckel
    14/03/2016 #1Bruna Eckel
    Excelente!
    Reply