logoSign upLog in
Allan Melo Nascimento

Allan Melo Nascimento

To Administradores de Empresas11/05/2015

E eu que era tão fã da Ambev, como empresa. E aí eu pergunto, qual é a medida entre a produtividade e a exploração do funcionário? Até que ponto vale a pena a empresa exigir essa carga de trabalho e ter sua imagem manchada com o público?

Jornadas de até 17 horas rendem processo de R$ 5 milhões contra Ambev
Jornadas de até 17 horas rendem processo de R$ 5 milhões contra Ambev
classificados.folha.uol.com.br A...
Relevant
  1. Allan Melo Nascimento
    22/06/2015 #2Allan Melo Nascimento
    #1 Você tem razão Jose, e eu ainda acho que essa é uma realidade ainda maior nas pequenas e médias empresas. As grandes talvez se policiem mais porque sabem que são mais visadas pelo Ministério do Trabalho e também pela imprensa. É rezar para que a concorrência louca do mundo atual não faça com que todos os países adotem os "padrões China" de trabalho...
    Reply
  2. Jose Marcos Silva De Lima
    19/06/2015 #1Jose Marcos Silva De Lima
    Mas não é só ela que tem esta postura Allan, outras empresas também são processadas e pagam indenizações a ex-funcionários pelo mesmo motivo, a diferença é que, como as indenizações são menores não caem na mídia. A busca constante por melhores resultados, a tentativa de fugir da situação atual do país (crise), entre outros, fazem com que muitas empresas implantem a ideia de '' mais com menos '', e isso leva a sobre carga aos funcionários, a necessidade de fazer horas extras para cumprir as tarefas que lhe foram atribuídas. Esta realidade eu conheço de perto.
    Reply