logoSign upLog in
Nutricionista Claudia Silvestre

Nutricionista Claudia Silvestre

O óleo de COLZA, que é a planta utilizada pra fazer o óleo CANadian Oil Low Acid é tóxico naturalmente, apenas através de um processo de refino com HEXANO – um solvente petroquímico – ele se torna ¨próprio¨ pra consumo. Nada natural.
Um grupo de cientistas canadenses queriam transformar óleo de colza em um óleo comestível, então eles usaram técnicas de reprodução seletiva para "criar" sementes que continham menos destas, substâncias amargas e prejudiciais, assim nasceu o óleo de Canola que é um termo de marketing. Hoje em dia, cerca de 90% da cultura de canola do mundo é geneticamente modificada.
Como a maioria dos óleos altamente refinados, óleo de canola é pobre em nutrientes essenciais, ricos em gorduras oxidadas e em gorduras trans.
A gordura ômega 3 no óleo de canola é altamente susceptível a danos causados pelo calor. Quando o óleo de canola é exposto ao calor, os ômega 3 tornam-se rançosos e fétidos. Por isso, os fabricantes desodorizam o óleo, o que converte a gordura ômega 3 em gordura trans, altamente perigosa e associada a doenças do coração e câncer. Em altas temperaturas, pode também liberar vapores tóxicos relacionados ao câncer de pulmão.
O óleo de canola é ainda mais perigoso quando hidrogenado, que é comum em alimentos processados a fim de prolongar o tempo em prateleira. Consumir estes alimentos é aumentar os riscos à doenças associadas ao consumo de gorduras trans.
Não existem estudos sobre a segurança do uso de óleo de canola em longo prazo em humanos. Os estudos com animais contradizem alguns dos supostos benefícios de saúde do óleo de canola.
O óleo de coco, manteiga, banha de porco, óleo de oliva são uma alternativa segura e saudável para sua saúde.

Nutricionista Claudia Silvestre
Relevant