logoSign upLog in
Nutricionista Claudia Silvestre

Nutricionista Claudia Silvestre

A atitude dos pacientes em relação às recomendações dos seus nutricionistas determinará se a tentativa de eliminar peso dará certo ou não. É preciso fazer o máximo para evitar os erros clássicos cometidos durante o processo de emagrecimento.

1. Não planejar
Não dá para adivinhar quando é que aquela fome incontrolável surgirá, mas é possível não atacar “gordices” outras “porcarias” quando isso acontecer. É justamente nesse momento em que a fome bate que a maioria das pessoas acaba fugindo do plano alimentar estabelecido e consumindo comidas que não contribuem com a perda ou manutenção do peso. Planejar as refeições com antecedência e ter sempre por perto lanchinhos mais saudáveis é fundamental.

2. Manter o plano alimentar em segredo
Mudar os hábitos alimentares não é exatamente a tarefa mais simples do mundo, e pode ficar ainda mais complicado quando familiares, amigos e colegas de trabalho passam o tempo todo oferecendo “gordices”. Para evitar que isso ocorra, torne público seus novos objetivos e a importância desse processo de mudança na alimentação que está adotando. Busque formar parcerias, pessoas que possam te apoiar em todos os sentidos.

3. Falta ou excesso de proteínas, gorduras e carboidratos
Enfatizar exclusivamente o consumo de um em detrimento aos outros não é uma boa ideia. Por mais que as dietas da moda foquem no consumo excessivo de um ou de outro, é importante saber que elas não são saudáveis em longo prazo, já que privam o organismo de outros nutrientes que ele precisa para funcionar bem. Equilíbrio, moderação e variedade são à base de uma dieta saudável que trará resultados positivos para todos que querem eliminar o excesso de peso ou manter-se saudável.

Nutricionista Claudia Silvestre
Relevant
  1. Nutricionista Claudia Silvestre
    09/03/2016 #1Nutricionista Claudia Silvestre
    PARTE 2

    4. Proibir-se de comer “gordices”
    “Gordices” engordam sim, com certeza, mas proibir-se de saboreá-las também pode fazer um grande mal ao processo de emagrecimento. Como? É que a qualquer momento pode-se cair em tentação e não conseguir resistir mais ao desejo e come-las em excesso, causando um mal bem maior do que se tivéssemos consumido porções pequenas delas de vez em quando. Então, não exclua completamente da sua vida sua “gordices” preferidas, mas aprenda, a comer com moderação.

    5. Ter um dia livre
    Você passa a toda fazendo apenas refeições saudáveis, e por isso pensa que merece um descanso e que pode comer tudo que desejar, afinal um dia não vai destruir todo o esforço dos outros cinco ou seis dias, não é verdade?
    Errado. Um dia pode sim desfazer todo o esforço de uma semana. Será que realmente vale a pena, por um curto momento, se entupir de “gordices” para depois ficar com sentimento de culpa por ter exagerado?

    6. Comer somente alimentos “diet” ou “light”
    Será que vale a pena trocar os alimentos integrais pelos rotulados como “diet” ou “light”? Não. Pois eles não conseguem satisfazer o organismo da mesma forma, e por isso é necessário aumentará a ingestão calórica. Outro problema é que um produto “diet” com menor teor de calorias pode compensar com outros ingredientes que não contribuem com a saúde e boa forma quando consumidos em excesso, como sal, açúcar e gorduras, para manter o sabor em relação às suas versões originais. Um exemplo é o chocolate diet, não contêm açúcar, mas para tornar-se palatável tem uma quantidade maior de gordura.
    Reply