logoSign upLog in
Betina Carvalho

Betina Carvalho

To Recursos Humanos and other hives 14/05/2015

Para pensar! Um bom dia a todos!

Betina Carvalho
Relevant
  1. Luzmary Figueroa Mejia Andrade dos Santos
    09/07/2015 #5Luzmary Figueroa Mejia Andrade dos Santos
    Muito Bom!!!! Olá Betina! Me ajuda por favor com um like nesta foto: https://www.bebee.com/post/66713 Muito Obrigado, Abraços!
    Reply
  2. Betina Carvalho
    29/06/2015 #4Betina Carvalho
    #3 Essa é uma visão limitada por parte do empreendedor, Glayton, e infelizmente ainda acontece muito. Com esse seu relato vemos uma situação que chega a ser incoerente... o empresário investe em bons vinhos (porque vê que esse pode ser um diferencial e atrair clientes), mas ao mesmo tempo não contrata um profissional que realmente entende do assunto e vai saber indicar como harmonizá-los. Ou seja, com um pouco de investimento a mais, o "pacote" estaria completo. Mas, do jeito que faz, é um dinheiro jogado fora...
    Reply
  3. Glayton Fontoura
    28/06/2015 #3Glayton Fontoura
    Vejo isto muito claramente no meu ramo. Muitos restaurantes se dizem de primeira linha e enchem a boca para falar da sua carta de vinhos super especiais, mas não querem investir em contratar um Sommelier para atendê-los melhor e mais convenientemente e, ao mesmo tempo, se negam a fazer um bom treinamento de brigada para que o seu maitre e os seus garçons tenham o conhecimento básico para que possam oferecer a melhor harmonização (e com isso uma alimentação e um momento muito mais agradável) aos seus clientes.
    Reply
  4. Betina Carvalho
    19/05/2015 #2Betina Carvalho
    #1 Concordo Franciane. Eu sou a favor do treinamento SEMPRE. É claro que é um investimento da empresa no funcionário, e que isso implica custos. Mas tem que ser assim. Gasta agora para colher os frutos depois. Um funcionário que não recebe treinamento pode trazer muito mais prejuízo para a empresa no dia a dia!
    Reply
  5. Franciane Nunes Paciência Torres
    14/05/2015 #1Franciane Nunes Paciência Torres
    Eis um grande dilema...mas creio que dependa também da empresa, de como esta trata o funcionário...se o chefe ou líder trata com respeito e enxerga o quão profissional o funcionário é, o treinamento só trará benefícios a empresa e ao próprio funcionário, que se sentirá mais confiante. Enfim, há uma troca entre funcionário e empresa!!
    Reply