logoSign upLog in
Francisco Ferrari

Francisco Ferrari

To Segurança Privada Patrim & Prev de Perdas Riscos e Fraude28/05/2015

Roubo de Cargas
Panorama e dados estatísticos

O prejuízo anual causado pelas quadrilhas que roubam carga no Brasil pode chegar a R$ 800 milhões. O estado de São Paulo concentra 50% dos registros policiais ocorridos no país.
Panorama e dados estatísticos Esse tipo de ação criminosa, baseada na organização de seus membros tem crescido ano a ano, obrigando as empresas transportadoras a gastarem 17% de sua receita com segurança, já que os governos não vem cumprindo seu papel de oferecer tranqüilidade a população. O roubo de carga dá lucro a quem?

a) Aos traficantes de drogas que acabam migrando temporariamente para esse tipo de crime com a finalidade de levantar dinheiro para implementar seu "negócio".

b) Aos assaltantes que formam verdadeiras organizações criminosas (quadrilhas).

c) Aos atravessadores que encomendam e repassam a mercadoria a comerciantes.

d) Aos comerciantes que pagam pela carga cerca de 30% a 50% do valor do mercado.

e) As revendas, protegidas por notas fiscais frias.

f) Policiais corruptos.

g) Caminhoneiros que se vendem as quadrilhas ofertando informações sigilosas sobre a carga a ser transportada.

h) Donos de transportadoras de índole duvidosa que desviam os próprios produtos para receber o dinheiro do seguro.

Quais são as cargas mais visadas pelas facções criminosas:

Eletroeletrônico
Gêneros alimentícios
Têxteis
Autopeças e pneus
Medicamentos
Cigarros
Combustíveis
Produtos Químicos
Higiene e limpeza.

Onde ocorrem os roubos de cargo no Estado de São Paulo:

40,1% Capital
35,3% Rodovias
16,9% Municípios da grande são Paulo
06,7% Interior
0,8% Litoral

Quais são as Rodovias prediletas pelos bandidos em SP:

16,4% Anhanguera
12,6% Dutra
09,7% Régis Bittencourt
07,5% Castelo Branco
04,9% Fernão Dias
03,8% Raposo Tavares
03,7 D. Pedro I
03,4 Washigton Luis
03,2% Bandeirantes
18,4% outras
Quais os dias da semana que os ladrões mais agem:

Quarta feira 20,1%
Terça-feira18,7%
Quinta feira 18,1%
Sexta-feira 16,7%
Segunda feira 15,9%
Sábado 7%
Domingo 3,3%
Quais os horários mais perigosos:

das 8 às 10h 15,3%
das 4h às 8h 8,3%
das 12h às 14h 6,7%
das 20h às 22h 6,2%
das 16h às 18h 4,6%
das zero às 2h 4,2%.

As empresas de transporte de cargas tem optado por equipar seus caminhões com rastreadores via satélite. Esse sofisticado equipamento tem auxiliado e muito a polícia a prender ladrões de cargas. Tomamos conhecimento que uma grande transportadora com frota aproximada de 600 veículos tinha em média 11 roubos mensais. Com a instalação dos rastreadores via satélite ocorreu uma diminuição sensível de registros para um ou dois casos somente por mês. O amigo leitor deve estar formulando a seguinte pergunta:

Quem paga todo esse prejuízo gerado pelas quadrilhas de roubos de cargas? Somos nós consumidores, pois os custos causados pelo roubo de carga acabam sendo repassados para o preço final dos produtos. Cada vez que você compra um produto, já está embutido no preço, os danos gerados pelos bandidos. Portanto, quem "paga o pato" somos nós, consumidores honestos.

Francisco Ferrari
Relevant
  1. Francisco Ferrari
    29/05/2015 #2Francisco Ferrari
    #1 Bom Dia Gilmar , sim , mesmo com o chip implantado nas cargas não ha meios de coagir a bandidagem ,
    Reply
  2. Gilmar dos Santos
    29/05/2015 #1Gilmar dos Santos
    Tá complicado. Todo dia aparece algum companheiro de trabalho contando um caso de roubo de carga. E os bandidos estão cada vez mais violentos. Graças a deus nunca aconteceu comigo.
    Reply