logoSign upLog in
Monica Guimaraes

Monica Guimaraes

Boa Noite!!!
Separei pra vocês uma reportagem com dica importantes e de grande valia pra todos nós que vivemos em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e dinâmico...Renata Pessoa

O mercado de trabalho está cada vez mais exigente. Se antes, somente um diploma de graduação era suficiente para uma boa colocação, hoje as empresas procuram profissionais completos, com cursos de pós-graduação ou especialização.

De acordo com Rafael Souto, CEO da Produtive Carreiras e Conexões com o Mercado, atualmente, as empresas valorizam pessoas com experiência prática, mas também com sólido conhecimento acadêmico.

Se você terminou a graduação e ainda se pergunta o que fazer da sua vida profissional, o especialista lista alguns passos para ajudar a escolher qual caminho trilhar para construir sua carreira.

Em primeiro lugar, Souto cita a seleção da instituição de ensino. “Com as exigências atuais, o número de pessoas com pós-graduação vem aumentando e entre as características que o mercado valoriza estão a marca, a visibilidade e a credibilidade da escola. Portanto, procure uma de qualidade, que cujo nome possa agregar peso à sua carreira”, afirma.

Além disso, o especialista sugere que o curso a ser escolhido possa ampliar o que, na teoria, foi aprendido durante a graduação. “Caso a sua graduação seja em uma área generalista, como Administração de Empresas, por exemplo, o curso a ser escolhido deve dar foco à carreia, como Finanças. Em outra ocasião, se a graduação for em uma área já bem específica, como Engenharia, a pós-graduação pode ter uma abrangência mais ampla, como Gestão Ambiental. O importante é que o segundo curso seja sempre complementar e sempre seguindo o foco que a pessoa busca”, indica ele.

Outra consideração feita pelo especialista é para a importância de se organizar a própria carreira antes de sair se matriculando em cursos de pós-graduação sem um direcionamento estratégico. “É comum vermos currículos com cursos que não têm ligação alguma com a graduação ou com os objetivos do profissional. Para uma empresa que vai contratar, isso indica uma desorganização profissional e, geralmente, é mal visto”, declara.

Se você não faz ideia de como escolher o tipo mais indicado de curso para atingir as suas metas profissionais, veja os direcionamentos que cada um pode agregar ao seu currículo:

Especialização: aperfeiçoamento especifico em um tema ou modalidade mais prática de uma área do conhecimento

MBA: Voltado para a Gestão e Administração, aplicadas a qualquer área de conhecimento

Mestrado e Doutorado: Pós-graduação voltada para o ensino e a pesquisa científica. É de natureza mais teórica que as modalidades anteriores.

Relevant
  1. Allan Melo Nascimento
    09/06/2015 #3Allan Melo Nascimento
    Concordo com Reginaldo, infelizmente nem todos temos as mesmas oportunidades. Ter no currículo uma pós na FGV seria genial, e ainda mais aprender com todos aqueles ótimos professores. Mas, quem não tem condições, pode tentar uma bolsa de estudos, e também buscar materiais na internet, assistir palestras no TED, e outras fontes grátis...
    Reply
  2. Reginaldo Marcelino de Oliveira
    09/06/2015 #2Reginaldo Marcelino de Oliveira
    Bom dia Monia, obrigado pela matéria só não concordo muito com o CEO Rafael Couto, quando ele diz que devemos escolher uma escola de pós-graduação conceituada e de credibilidade seria o ideal, mas infelizmente a maioria não tem condições de bancar o custo, séria ótimo por exemplo escolhermos a FGV, mas é inviável.
    Reply
  3. Maria Luiza Alves dos Santos
    09/06/2015 #1Maria Luiza Alves dos Santos
    Olá Monica, obrigada por compartilhar o conteúdo. Tem muito a ver com minha situação atual! Sinto que estou sem foco e buscando todo o tipo de curso, que não necessariamente tem a ver com meu objetivo futuro (que eu nem sei qual é, na verdade). Por isso me chamou atenção essa parte: “É comum vermos currículos com cursos que não têm ligação alguma com a graduação ou com os objetivos do profissional."
    Reply