logoSign upLog in
Nutricionista Claudia Silvestre

Nutricionista Claudia Silvestre

To Médicos e profissionais da área da saúde08/07/2015

Aqui estão mais 4 dos principais suspeitos de serem possíveis obesogênicos: Pesticidas organoclorados e organofosforados. Atuam basicamente no sistema nervoso central e no sistema de defesa do organismo. Causam sérias lesões hepáticas e renais. Alguns produtos desse grupo lesam o cérebro, outros os músculos do coração, a medula óssea, o córtex da supra-renal, o DNA. Casos de câncer em órgãos do aparelho digestivo, pulmão e rim foram registrados em pessoas contaminadas com estes pesticidas. Bisfenol A ou BPA: esse composto é utilizado em plásticos rígidos, policarbonatos, como tábuas de corte, CDs, DVDs, escovas de dentes, mamadeiras, e também na produção da resina epóxi, que faz parte do revestimento interno de latas que acondicionam bebidas e alimentos. Tem sido associado a diversos tipos de câncer e problemas reprodutivos, puberdade precoce, doenças cardíacas, obesidade e resistência à insulina. Ftalatos: são usados para deixar produtos plásticos como brinquedos, garrafas plásticas, vinil e pisos mais maleáveis, e também como solvente e conservante de odor em produtos cosméticos como perfume. Estudos relacionam os ftalatos às alterações hormonais, baixa contagem de esperma, espermatozóides menos móveis, defeitos congênitos no sistema reprodutor masculino, obesidade, diabetes e irregularidades da tireóide. Perclorato: é usado em agrotóxicos e podem contaminar a produção de leite. Quando absorvido pelo corpo, ele compete com o iodo e outros nutrientes interferindo no equilíbrio hormonal da tireóide. Fonte: Revista de Pediatria, Planeta Sustentável, Instituto Superior de Medicina, Revista Galileu, Ecycle, Instituto Superior de Medicina (ISMD)

Nutricionista Claudia Silvestre
Relevant