Reginaldo Afonso Bobato
3d ago · 2 min read · ~10
To Redatores and 1 more
Ímpeto da cura, ímpeto da pura.

Ímpeto da cura, ímpeto da pura.

Ímpeto de cura, ímpeto da pura. Se não for pelas letras e por conversação salutar, o mundo será descoberto pelo empirismo com drásticos e sorrateiros acontecimentos, e a pessoa vai assim penalizar seus próprios atos numa fuga sem...

Reginaldo Afonso Bobato
6d ago · 1 min read · ~10
To Redatores and 1 more
Desterro

Desterro

Desterro Nos becos do abandono, os pequenos marginais já nascem predestinados a viverem ao acaso da sorte. Eles mamaram na teta seca da prostituta, foram abandonados. Dos traficantes ganharam uma arma e aprenderam a matar. O grupo de...

Reginaldo Afonso Bobato
10/8/2018 · 1 min read · ~10
To Poesia and 1 more
Rio da lágrimas

Rio da lágrimas

Rio de lágrimas Nenhuma noção da verdade existia, senão fosse olhar profundamente os acontecimentos que ninguém dava valor na sua essência, declaradamente. Os títulos compunham um papel itinerante para esta ignorância latente, e...

Reginaldo Afonso Bobato
4/8/2018 · 1 min read · ~10
To Redatores and 2 more
Flores do paraíso prometido

Flores do paraíso prometido

Flores do paraíso prometido Não tenho mais nada o que escrever. Ponho um ponto final nesta frase e vejo o mundo de meu Deus e eu numa flor absorvendo o néctar do amor, com clamor, e seja como for evoco a sabedoria dos antigos, me envolvo...

Reginaldo Afonso Bobato
19/7/2018 · 2 min read · ~10
To Redatores and 1 more
Narciso na boca

Narciso na boca

Narciso na boca A boca maldita bendiz a nós poetas, não silencia uma seresta, confessa que atrai sobre si olhares cativos. A Curitiba cheia de lisonja, de mão em mão ali cresce com a critica, se reveste mística com opiniões...

Members