Atenção Seletiva. Você Tem Mais Rejeição do que Aceitação.

Atenção Seletiva. Você Tem Mais Rejeição do que Aceitação.

Quando o assunto é criação de um público consumidor, fidelização e geração de experiência única e impactante ao seu cliente, entra em ação um fenômeno que muitos empreendedores ainda não se atentaram.

Sabe-se também que a quantidade de informações que o nosso cérebro recebe, é muito superior à sua capacidade de lidar com elas e de processá-las.

Especialistas estimam que o cérebro receba cerca de 40 bilhões de bits de informações por segundo, enquanto sua capacidade de processamento é limitada, em cerca de 2 bilhões de bits.

Assim, é fácil concluir pela necessidade que a nossa mente tem, de filtrar ou bloquear boa parte destas informações.

Este fenômeno é cnhecido como Atenção seletiva:

Ele também explica porque é que os anúncios contra o tabagismo são mais facilmente percebidos pelos não fumantes;

Porque é que um calvo detecta perfeitamente os anúncios das loções capilares

Porque as pessoas acima do peso os anúncios sobre os produtos para emagrecimento.

A atenção é parcialmente determinada pelo que o indivíduo deseja e pela importância que lhe dá para aquele determnado momento.

Então há a existência de uma “pré-percepção”, que antecede a percepção consciente e que realiza uma prévia seleção do que o indivíduo quer ver, no meio de tudo o que o rodeia.

Se você tá pensando na crise do país e em tudo que está dando errado na sua vida, a sua cabeça vai selecionar entre os 40 bilhões de bits disponíveis, as informações no ambiente disponíveis que comprovam esse pensamento.

Da mesma forma se o foco é encontrar soluções para realizar os seus sonhos, o seu inconsciente vai buscar nos seus 40 bilhões de bits de informações, aqueles que são importantes alcançar os objetivose então eles se tornm parte dos 2 bilhões de bits processados pela sua mente.

É por conta da atenção seletiva que , dessa forma em um mesmo lugar duas pessoas enxergam coisas completamente diferentes.

A Crise está aí para todo mundo, mas algumas pessoas decidiram enfrentar e tomar uma atitude e hoje desfrutam de um estilo de vida diferenciado.

Outras continuaram culpando a crise e reclamando da vida e não tomaram nenhuma atitude.

Permita-me um exercício mental. Lembre-se da última vez que voc