4 Investimentos mais interessantes que a poupança

4 Investimentos mais interessantes que a poupança


Já não é segredo para ninguém  que a poupança não é a melhor opção para fazer aplicações. Em vez do seu dinheiro render e ganhar mais poder de compra, muitas vezes ele perde. Por isso, buscar outras alternativas pode ser uma ótima ideia!


Mas, se a poupança não é uma boa opção, onde aplicar dinheiro então?


Acredite, existe um mercado gigantesco além da poupança! Muitas vezes ouvimos falar no noticiário sobre inflação, taxa selic, Ibovespa e mais uma série de expressões que nem sempre fazem sentido. Mas elas têm mais a ver com seus investimentos do que você imagina.


Existem diversas modalidades disponíveis no mercado e você pode escolher entre elas qual se encaixa melhor em seu perfil. Para te ajudar  na escolha, veja só algumas das principais opções de investimento que são mais interessantes que a poupança.


1. CDB


O Certificado de Depósito Bancário (CDB), é uma forma do banco captar recursos para financiar suas atividades de crédito. É como se você emprestasse dinheiro para o banco para ele emprestar a outras pessoas. Em troca disso, ele te devolve o valor corrigido quando você for resgatar a aplicação.


Se você quer investir seu rico dinheirinho em uma opção segura e mais rentável que a poupança, o CDB pode ser uma boa alternativa!


Essa modalidade de investimento é assegurada pelo Fundo Garantidor de Crédito(FGC). Mesmo que a instituição que emitiu o título venha a falir, o FGC garante o capital de até R$ 250 mil reais por CPF e por emissor. Além disso, você pode ter uma segurança a mais escolhendo instituições financeiras sólidas para fazer sua aplicação, o que diminui drasticamente o risco.


Além de ser um investimento em renda fixa para quem tem o perfil mais conservador, o CDB também é uma grande oportunidade para quem quer investir em renda variável.


Você pode usar o dinheiro aplicado em CDB para operar na bolsa de valores, por exemplo. Esse capital que servirá como margem de garantia e no fim das contas, ele vai render duas vezes, uma na renda fixa e uma em renda variável. Assim você fará o seu dinheiro trabalhar para você!


2. Tesouro Direto


Se no CDB você empresta dinheiro para uma instituição financeira, no Tesouro Direto você empresta dinheiro para o governo federal. Não, você não leu errado! Você pode emprestar uma grana para o governo e não precisa ser muita! Com R$ 30,00 já é possível investir em títulos públicos.


Essa modalidade também é muito segura e rentável. Assim como o CDB, o Tesouro Direto é assegurado pelo FGC, seguindo as mesmas regras. Além disso, os títulos também podem ser usados como margem de garantia para operar na Bolsa de Valores e permitir rentabilidade extra ao investidor.


3. LCI  e LCA


As Letras de Crédito Imobiliário e as Letras de Crédito do Agronegócio são modalidades de renda fixa usados para financiar estes setores. É dessa modalidade que saem os financiamentos tanto para o Agronegócio quanto para o setor Imobiliário.


Geralmente, as Letras de Crédito atraem os grandes investidores porque o valor mínimo de aplicação é um pouco maior do que o de algumas modalidades. Além disso, elas possuem a carência 90 dias, ou seja, só podem ser resgatadas depois de três meses.


Por serem usadas para financiamentos, uma dúvida que sempre surge é: Se quem pegou o dinheiro emprestado não pagar, o investidor perde o dinheiro?


Não! Quem aplica dinheiro nesta modalidade, está emprestando o dinheiro ao banco e não à terceiros, por isso, é responsabilidade do banco arcar com o prejuízo.


4. Bolsa de Valores

O que vem à sua cabeça quando você escuta a expressão Bolsa de Valores?


Muita gente ainda pensa na Bolsa como uma sala cheia de computadores e pessoas gritando ao telefone. Mas isso já não existe mais!


A Bolsa de Valores é um mercado que está realmente recheado de pessoas e empresas dispostas a negociar títulos e ações. Porém, as operações agora são feitas virtualmente, através de plataformas chamadas Home Broker, por onde é possível comprar e vender ativos na Bolsa até mesmo de casa.


Na BM&F Bovespa, a principal Bolsa do país, se negociam ações de empresas como Petrobras, Vale, Ambev, entre outras. E também são negociados índices, moedas e contratos futuros, além de um índice das 500 maiores empresas dos EUA.


Você pode escolher entre operações de curto, médio e longo prazo ou Day Trade, que são aquelas que duram apenas um dia. Os prazos vão depender do seus objetivos e do seu perfil de investidor.


A melhor parte, é que você pode aplicar seu dinheiro tanto em CDB como no Tesouro Direto, citados acima, para operar na Bolsa. Seu dinheiro fica lá rendendo em uma dessas opções enquanto você compra e vende ativos na Bolsa. Pronto! Seu dinheiro vai render duas vezes! Não é incrível?


A poupança foi por muitos anos o investimento mais popular aqui no Brasil, porém, a facilidade de acesso à informação tem mudado esse cenário. As pessoas têm descoberto que nenhum desses tipos de investimentos que falamos aqui é um bicho de sete cabeças.


Existe um mundo de possibilidades nesse mercado com grande potencial de rendimento. Está esperando o quê para fazer parte dele também?




Opa! Vou testar sim @Ana Inez! Muito obrigado! :D

+1 +1
Ana Inez Jan 26, 2017 · #8

#2 @Thiago Smicelato a internet não serve só pra memes e Facebook! hahahaha

+2 +2
Ana Inez Jan 26, 2017 · #7

@Marcos Vinicius Fernandes Ferreira vale a pena conhecer viu? Precisa ter medo não! O Tesouro Direto é bastante seguro e tem rentabilidade bem legal. Faz o teste lá no site oficial, dá pra você simular algumas possibilidades de valor e prazo. ;)

0
Rodrigo Soares Jan 20, 2017 · #6

@Marcos Vinicius Fernandes Ferreira tesouro é praticamente conservador. Atente-se aos produtos pós e pré fixados. O que investi era pós.

0

#3 Ééé @Rodrigo Soares... tavez seja a hora de ser um pouco menos consevador e experimentar um pouco as possibilidades que existem por aí.

+1 +1
Rodrigo Soares Jan 20, 2017 · #3

#1 ja investi no tesouro direto. E nao me arrependo. Investi em LFT (hoje tesouro selic) ganhei praticamente 1000 por ano, durante 3 anos. Recomendo!

+1 +1
Thiago Smicelato Jan 20, 2017 · #2

Acredito que com a internet, cada vez mais as pessoas estão se jogando nesses novos investimentos, como você mesmo disse!

+1 +1

Ótimo @Ana Inez! Eu mesmo sou dessas pessoas que nunca se arriscou a aplicar dinheiro em algum outro fundo que não fosse a poupança. Admito que por pura falta de conhecimento de alternativas de investimento.

+2 +2