Bruno Pinto en Quero Viajar Mais, Viajantes, Hotelaria, Gastronomia e Turismo Assistente de Serviços de Comunicação • Câmara Municipal de Jaboticabal 17/8/2016 · 3 min de lectura · +500

Marinheiro de primeira viagem: #hospedagem

Marinheiro de primeira viagem:    #hospedagem

Sua vontade é cair no mundo, sem olhar para trás e sem saber a hora de voltar. Ô coisa boa hein? Então estamos juntos! Mas até para fazer isso, a gente precisa de planejamento, senão só iremos trazer dor de cabeça e problemas para resolver. Mas não desanime, por que falar de viagem, pensar em viajar, já começa a sacudir nossa alma, não é verdade? Bora comigo, que irei junto com você, para que se prepare para as melhores viagens da sua vida! Só de pensar nesse assunto meu pensamento já fica inquieto, hehe. Serão vários artigos, nos quais destacarei as principais coisas a planejar antes de viajar, e que farão toda a diferença para você curtir de boa seus momentos.

O nosso primeiro tópico foi locomoção, agora falarei sobre hospedagem. Quando reservar? Qual lugar escolher?  Quanto pagar?  

Quando reservar?


Marinheiro de primeira viagem:    #hospedagem

A maioria dos lugares de hospedagem trabalha de forma antecipada, então é bom reservar com antecedência para não chegar ao local e ficar naquela dificuldade para encontrar um lugar para se acomodar. E se você fizer isso um tempo antes de ir, poderá escolher os melhores lugares, talvez encontre promoções, e fique com o melhor quarto.

Muitos sites ajudam na hora de encontrar um lugar para hospedagem, e também contam com pacotes de viagens e promoções baratíssimas, além de poder parcelar no cartão de crédito toda a hospedagem. Somente preste bastante atenção às regulamentações de uso e certifique-se do que está fazendo para depois não se arrepender, pois tem lugares que não devolvem todo o dinheiro, caso a pessoa desista de se hospedar no local, ou dão um prazo para fazê-lo.

Normalmente, ao fazer reservas diretamente com o local onde ficará, a forma de pagamento é feita em depósito bancário com a metade do valor para a reserva e o restante é pago ao fazer a entrada ou check-in.

Em alguns lugares é difícil arranjar hospedagem por conta de feriados em que as pessoas resolvem ir para o mesmo lugar e acaba superlotando todos os cantos. Nesse caso, se for viajar em temporada, recomendo deixar seu cantinho garantido antes de ir, senão correrá o risco de não ter nada mais disponível. Datas como carnaval e ano-novo, por exemplo, é bom garantir com muitos meses de antecedência, porque geralmente são datas em que a procura é bem maior, isso vale para o período de férias também.

Qual lugar escolher? 


Marinheiro de primeira viagem:    #hospedagem

Na hora de escolher o lugar é importante levar em conta com quem você irá, pois não irá deixar sua mãe ou avó dormir no mesmo lugar despreocupadamente em que você e seus amigos malucões dormiriam, nem sua namorada, não é? Existem lugares e acomodações até num mesmo lugar, que diferem bastante uma da outra e se deve levar em conta sempre a vibe da turma que irá viajar com você. E também o quanto todos estarão dispostos a desembolsar.

Para a galera aventureira existem cidades que dispõem de espaços ao ar livre para fazer Camping, e se a turma for mesclada também contam com chalés ao pé de montanhas, Hotéis fazendas e Pousadas bem perto dos lugares onde se faz acampamento. Na hora de escolher o lugar para ficar, a variedade é imensa, por isso deve-se ter bem em mente o que está procurando.

Marinheiro de primeira viagem:    #hospedagem

Para turmas grandes, o mais aconselhável na hora da economia é alugar uma casa e dividir entre todos, pois além de o preço sair mais em conta, podem-se encontrar lugares legais e aproveitar da companhia da galera inteira. Alguns lugares permitem a reserva de uma quantidade grande de pessoas, mas é bom averiguar antes, pois existe quantidade máxima para reserva por pessoa, talvez tendo a obrigatoriedade que duas pessoas reservem em nome de todos, ou se a galera preferir, cada um faz sua hospedagem no lugar em que achar ser melhor.

Para turmas menores, as opções são ainda maiores. Os lugares que citei anteriormente aplicam-se para todos os tipos de grupos. Mas, já para os grupos menores não é tão aconselhável alugar casas, se o objetivo for fazer algo com menos grana, pois na hora da divisão o valor rateado não é tão mais barato. Nesse caso convém procurar Hotéis e Pousadas que possam ter de dois a três quartos disponíveis, ou senão, um bem indicado é o Hostel, nele encontram-se quartos compartilhados com muitas camas, e se a intenção for deixar a galera toda reunida, essa talvez seja uma boa pedida.

Marinheiro de primeira viagem:    #hospedagem

Para aquela galera despojada e animada, que topa qualquer parada, o Hostel é o ideal. Além de ser uma ideia bem atual e que vem dominando todas as partes do mundo, você consegue gastar seu dinheiro aonde deveria gastar, na viagem. Muitos Hostels são maravilhosos e dão de dez a zero em muitos Hotéis por aí, como a limpeza, organização e recepção impecáveis. Quase sempre contam com uma cozinha comunitária, que se você quiser dar uma economizada um dia ou outro e fazer sua própria comida, sim, pode ser feita no próprio Hostel, mas sempre levando em conta a energia do local e seguindo as regras da casa. Em breve falarei mais sobre Hostels, em uma outra postagem.

Quanto pagar?

Os preços são de uma variedade imensa, e farão jus aos detalhes e exigências requeridas, e lógico que se estiver disposto a pagar pela mordomia, requinte, quantidade de estrelas do lugar, terá de desembolsar grana maior, mas no geral as hospedagens variam de 50,00 reais e podem chegar a mais de 1.000,00 reais.

A qualidade do local deve ser bem avaliada por pessoas que já estiveram no local, ou senão por fotos do próprio local que se encontra na internet e no próprio site do respectivo, pois não dá para julgar o local simplesmente por ele ser um Hotel, Pousada ou Hostel, pois entre todos os lugares sempre existem os bons e os ruins, basta saber escolher e ficar ligado no que a maioria das pessoas falam do lugar para não ser ludibriado.

E uma dica bem interessante é que em muitas cidades turísticas, para a locomoção de uma van alugada para passeios turísticos, eles requerem comprovantes de reservas de hospedagem na cidade, uma forma que eles fazem para garantir a ordem e o acesso de uma forma organizada do turismo na cidade.

Fique agora com alguns links de sites que recomendo na hora de buscar lugares para se hospedar:

http://www.booking.com

https://www.hotelurbano.com

http://www.brazilian.hostelworld.com/

https://www.hoteis.com


Matéria do site:

https://liberdadesemfronteiras.wordpress.com/2016/08/17/marinheiro-de-primeira-viagem-hospedagem/



Bruno Pinto 19/8/2016 · #2

Uma necessidade para mim também, e em breve espero ser um modo de vida hehe

0
Felipe Souza 18/8/2016 · #1

Ótimo Buzz Bruno! Viajar mais que uma paixão, para mim é uma necessidade. Legal o passo a passo que vc colocou para os iniciantes nesse hábito tão enriquecedor.

+1 +1