Bruno Pinto in Arrasta São Paulo, Recursos Humanos, beBee em Português Assistente de Serviços de Comunicação • Câmara Municipal de Jaboticabal Jan 25, 2017 · 3 min read · 2.8K

No máximo seja amigo de sua família, que no mínimo alguém de sua família será seu amigo.

No máximo seja amigo de sua família, que no mínimo alguém de sua família será seu amigo.

Eles são poucos, bem poucos! Ás vezes chegamos a conclusão que não os tínhamos, pois quando os encontramos sabemos que nada daquilo que tivemos anteriormente fora verdadeiro. Eles conseguem ver através de nós mesmos coisas que nem a gente consegue ver. E por mais que doa quando nos fazem enxergar nossos erros, agradecemos a sinceridade e a coragem que tiveram para enfrentar nosso ego, que por vezes nem nós mesmos conseguimos enfrentar.

Demoramos em entender o valor da amizade quando não conseguimos identificar isso na família. A lógica aponta para que nossos familiares fossem nossos primeiros amigos, o que em alguns casos é verdade, mas a grande maioria não consegue criar laços de amizade com os próprios pais, mães e irmãos, devidos cultura ou até mesmo distância emocional/afetiva pela qual foram criados, acabando por afetar relações posteriores. Muito me admiram a amizade entre irmãos, de netos com seus avós, de filhos com seus pais, e podendo alcançar até mesmo graus mais distante, entre primos ou tios.



Além de compartilhar o mesmo sangue, pode ser que também compartilhemos a mesma terra natal, mesmos antepassados, mesmas crenças e costumes. Sofremos com a perca do mesmo ente querido e padecemos quando algum membro adoece. Nos alegramos com o sucesso de um como se fosse o orgulho da família, ao mesmo tempo que torcemos para que o insucesso de outro seja apenas falta de oportunidade.



Quando somos crianças não entendemos o significado e a importância da amizade e quando ficamos maiores não ligamos para nada, somos adolescentes, na juventude começamos a fazer amizade com quem nos identificamos por motivos tão banais, seja por causa do estilo de música, cabelo, por causa de algum esporte, ou por termos estudado junto por tanto tempo que acabamos por criar um vínculo, e só quando estamos na fase adulta que lembramos o quanto a família é importante, fico triste por aqueles que mesmo nessa fase não se lembram disso.



Porque não ser amigo do seu pai? Quer alguém melhor para compartilhar seus medos, temores e dúvidas? O cara passou por tudo que você passou e irá passar e conseguiu chegar talvez no mesmo lugar que você almeja um dia chegar. Você o acha sério e antiquado? Talvez isso se deva a diferença de idade, mas isso não quer dizer nada! Idade chega a todos com o tempo, lembra que um dia ele esteve com sua idade e a essência do que ele era quando passou por ela ainda continua dentro dele. Sua mãe, seus avós e seus tios são bem qualificados para terem uma amizade bem valiosa contigo só pelo fato de verem você como verdadeiramente é e aceita-lo, lógico que existem as exceções que irei me abster de comentar sobre elas.

Se você pai e mãe que está lendo esse artigo e não conseguiu criar ou consolidar uma amizade com seu filho. Quero te fazer um convite! Chame seu filho para um dia somente de vocês. Conheça o que seu filho faz, seus amigos. Crie um elo de amizade com ele, ainda está em tempo. Não leve adiante coisas passadas, afinal já passou! Limpe seu coração. Se este desejo existe em você tenho total e absoluta certeza que este desejo também existe em seu filho. Será uma árdua batalha tanto para você quanto para ele, porém o final desta escolha consistirá  em uma amizade que passará a seus netos, e bisnetos , e tataranetos.  Valores e Princípios que podem ser revistos. Não importa se você idealizou ou não um futuro para seu filho e ele por sua vez fez a escolha que o faz feliz. Tudo que precisa lembrar é que você um dia na idade dele fez suas escolhas, caiu e se levantou, seja você a estar lá se isso acontecer com seu filho. Não para dizer o “eu avisei” e sim para abraçar e dizer “filho você caiu se feriu, vamos levantar estou aqui”.



Sabe aquele seu irmão que você não se dá bem? Já parou para analisar o motivo? Talvez você mesmo seja o motivo, ou os dois sejam, ou vocês não se darão bem mesmo como amigos. Mas se você tem irmãos, porque não cultivar amizade com eles? Compartilhamos toda uma vida com nossos irmãos e mesmo assim não conseguimos criar uma amizade forte com nenhum deles? Algo está errado nessa história. A relação de irmão já indica amizade pois na maioria dos casos teremos de APOIÁ-LOS, PROTEGÊ-LOS, DEFENDÊ-LOS e AMÁ-LOS. Essas são boas bases para a amizade. É um irmão de verdade aquele irmão que não é seu amigo?



Sim quanto maior for sua família, tanto mais confusões, problemas, fofocas, tretas, não venha me dizer que na sua não há. E nesse fuzuê todo sempre terá alguém com quem não conseguiremos ter amizade seja por questão de afinidade ou personalidade, isso é fato. Mas isso não quer dizer que não possamos tentar. Daí que podemos estender laços de amizade para com a família estendida, primos, tios, sogros, cunhados, onde você menos espera poderá surgir uma amizade significativa.

Por já existirem laços entre os de nossa família existe a predisposição para tal amizade, estranha é ela não existir. Tanto mais difícil é criar laços verdadeiros entre pessoas das quais não são nosso sangue. Por que amizades verdadeiras são baseadas na conquista e na confiança, e quanto mais perdura tanto mais se firma e solidifica. E a família que herdamos nem sempre conseguiremos ter todos como amigos, mas entre os amigos que escolhemos sempre encontraremos uma família, a que escolhemos. E quando construímos relações de verdadeira amizade com membros de nossa família esses também serão a família da qual escolhemos.



Publicado originalmente em: http://www.labirintodeideias.com.br/single-post/2017/01/25/No-m%C3%A1ximo-seja-amigo-de-sua-fam%C3%ADlia-que-no-m%C3%ADnimo-algu%C3%A9m-de-sua-fam%C3%ADlia-ser%C3%A1-seu-amigo



Bruno Pinto Jan 26, 2017 · #10

#8 Obrigado @Tifany Rodio! :) E não perdemos nada por isso, aliás somos nós que ganhamos, mais amor, mais amizade, união.

0
Tifany Rodio Jan 26, 2017 · #8

User removed

+1 +1
Luizia🐝 Patrício Jan 25, 2017 · #7

#6 Exato @Bruno Pinto, #maisamorporfavor

0
Bruno Pinto Jan 25, 2017 · #6

#5 Eu que agradeço @Luizia Patrício! Cabe a nós criar esse pensamento e sentimento em nós mesmos, transmitir e influenciar! Fazer nossa parte!

+2 +2
Luizia🐝 Patrício Jan 25, 2017 · #5

Exelente artigo meu amigo @Bruno Pinto, princípios que muiros de nos devemos por em prática! So para que vocês Day e Boby, @Darlene Alencar, venham entendero porque quando um membro se vai e acontece este esfriamento, e porque este membro tinha com ele este princípio de unir a família, como se foi cabe a nos dar seguimento nesta tarefa que como diz o texto sera ardoa , mais vai er apena . Parabéns pelo seu buzz , compartilhar e o mínimo 😍😘😘😘

+2 +2
Bruno Pinto Jan 25, 2017 · #4

#2 Ótimo comentário @Carlos Souza Ribeiro! Concordo plenamente com suas palavras! Nós somos responsáveis! Não adianta culpar o outro, pois isso não irá mudar a situação, que só mudará se agirmos em prol da mudança! Obrigado pelo comentário amigo! :)

+2 +2
Bruno Pinto Jan 25, 2017 · #3

#1 Acontece mesmo @Darlene Alencar, depois que meu avô por parte de pai faleceu, os vínculos se esfriaram também, infelizmente :/

+2 +2
Carlos Ribeiro Jan 25, 2017 · #2

Fantástico este tema, porque nos faz refletir em muitos assuntos com relação a família e , que também venho aprendendo e como no texto acima, também passo por algumas situações de relacionamentos com membros da minha família. Mas o que mais me fortalece, através de aprendizado e colocando em prática, mas que isto não signifique que você que esta lendo, concorde com o que vou escrever em poucas palavras. Bom, todos nós membros de uma família como foi dito no texto, temos afinidades, elos espirituais, que nos faz aproximar ou não de uma pessoa, outra coisa que é mais difícil para alguns colocar em prática, até para mim, esta sendo é " Tudo que rolar e aproximar de você que seja um problema, o único "culpado" é VOCÊ. Porque temos uma facilidade de culpar sempre o OUTRO para nossos fracassos ou decepções, então quando você MUDA primeiro, tudo muda ao seu redor. Para não estender o assunto, talvez muitos pais que estiverem lendo este comentários, não vai aceitar o que vou dizer. Quem forma o caráter e como ele vai ser quando for adulto, são os pais e um exemplo prático e fácil de entendimento é uma ARVORE . A Raiz, são nossos antepassados, o tronco são os pais, os ramos são nosso filhos e as folhas são nossos netos, obrigado mais uma vez @Bruno Pinto por permitir expor meus pensamentos!

+3 +3