Bruno Pinto en Arrasta São Paulo, Poeme-se, Estudantes Assistente de Serviços de Comunicação • Câmara Municipal de Jaboticabal 23/11/2016 · 2 min de lectura · 2,1K

O amor também é uma escolha.

O amor também é uma escolha.

Ontem uma amiga me abriu os olhos para um fato do qual eu já sabia, mas sabe aquelas coisas que precisamos ouvir dos outros para ter certeza de que é verdade e para se convencer daquilo. Tipo quando sua vó fala “eu te avisei que não era pra ter bebido”, puts, é aí que você se convence dos perigos relacionados ao alcoolismo; ou quando sua mãe diz “leva uma blusa pois vai fazer frio”, nossa dito e feito, você não queria levar mas sabia que iria precisar mais tarde; e por fim quando minha amiga disse: “O amor é uma escolha”, cara, como uma amizade de apenas dois meses consegue nos lembrar e nos convencer de algo tão importante!? Só sei que nada sei.


O amor também é uma escolha.

Eu já sabia desse fato, apenas precisava ser relembrado de uma forma diferente, que a vida se encarrega de mostrar, mas que na maioria das vezes nos recusamos a enxergar. Quando alguém disser para você que está sofrendo por amor, não o critique, talvez ele não saiba pelo que realmente está sofrendo. Pode ser pela decepção de uma traição, de uma separação, de uma briga, mas nunca sofrendo por amar, pelo contrário, quando escolhemos amar, qualquer coisa que seja, tudo fica mais leve e claro na vida. Por isso tanta carência, abstinência e sofrência se passam equivocadamente por amor.


O amor também é uma escolha.

É interessante falar do amor como escolha, e não como um sentimento cego e desgovernado como a paixão, no amor somos nós que decidimos fazer permanecer ou deixar ir, cultivar para cresça ou abafar até que murche, agarrar com as duas mãos ou virar as costas. Quando conhecemos alguém bacana de início parece que já amamos, mas essa atração e interesse se transforma em amor se permitirmos, se fizermos dessa nossa escolha, e é a mesma coisa no término, quando começa a se instalar o desinteresse e os atrativos estão desgastados, se não houver a decisão da permanência do amor, e se essa não for mantida, pode ser que esse alguém amado se torne apenas um desconhecido.


O amor também é uma escolha.

“Nossa, mas você fala isso como se fosse a coisa mais natural do mundo”, sim e é. Muito me maravilha o poder que temos de fazer escolhas e tomar decisões, cuja implicação futura seja muito grande, mas o que temos é o agora, o hoje, para ser vivido da melhor maneira. Se não for para escolher amar, porque não deixar o outro livre para que seja amado por outra pessoa. E se não for para ser amado, porque ficar esperando o amor de alguém que parece vir mendigado.


O amor também é uma escolha.

Muito me admira aquelas pessoas que acreditam em destino, creem piamente que não precisam perseguir seus sonhos pois eles todos estão predestinados. É preciso uma enorme fé para confiar a própria sorte às mãos do improvável e incabível destino. E por vezes deixar de escrever o próprio caminho por conta de ter medo de fazer as próprias escolhas. Esse é um destino fadado ao fracasso quando a sua mais importante decisão fica por sorte do acaso. Por ora ainda acredito que posso mudar pelo menos meu mundo com minhas escolhas e quem sabe dar um significado unicamente especial a minha vida.


Publicado originalmente em: http://www.labirintodeideias.com.br/single-post/2016/11/23/O-amor-tamb%C3%A9m-%C3%A9-uma-escolha


Luizia Patrício 24/11/2016 · #7

#5 Sim admirável @Bruno Pinto,e elas existem, tudo é uma questão de escolha. Amei o buzz! Com toda certeza fazendo esta escolha você não mudará somente o seu mundo ! Mais de todos que de certa forma estarão ligados à ele.

+1 +1
Bruno Pinto 23/11/2016 · #6

@Carlos Souza Ribeiro com certeza um comentário digno de uma pessoa madura, com certeza só temos a ganhar quando demonstramos nas relações esse tipo de atitude!! Obrigado pelo comentário :)

+2 +2
Bruno Pinto 23/11/2016 · #5

@Luizia Patrício justamente esse é o segredo de amar o próximo como a ti mesmo qdo nem o conhecemos, essa é uma escolha e tanto, mto me admira pessoas assim...

+2 +2
Carlos Souza Ribeiro 23/11/2016 · #4

Bom vamos lá @Bruno Pinto, quero descrever somente aquilo que entendi e o que venho aprendendo durante estes anos que chamam de "MADUROS". Dizem que tudo que aprendemos e convivemos juntos como a família , carregamos em nosso interior , como exemplos de caráter , educação, simpatia do lado positivo e, tem a inveja, ódio, cobiça do lado negativo . Aquilo que aprendi e coloco em prática que é mais fácil você interpretar e descrever as pessoas , que o AMOR seja aquele do seu parceiro(a) ou o AMOR das pessoas que convive com você diariamente , tem que começar as mudanças por você mesmo . Porque se torna muito mais fácil, como acontece com muitos, colocar a culpa no outro de determinadas coisas que não te agrada, e aí começa os conflitos . Querer impor uma ideia sua, como a única e verdadeira, sem respeitar a opinião e as diferenças de ideias que ela possa ter com relação á qualquer assunto. E aqui vai uma dica que aprendi e coloco em prática, seja qualquer que for o assunto ou pessoa, quando você ouve e aceita, mesmo sabendo que aquela opinião da pessoa é errada , hoje da impressão que você perdeu, mas o tempo dirá que aquela pessoa irá refletir melhor e até pedir desculpas e te achar uma pessoa impressionante, porque não discutiu com ela naquele momento. Bom vamos chegar no AMOR se é uma ESCOLHA ou não ? Com certeza será uma escolha sua particular , se tomar todas as devidas cautelas e expressões de sentimentos com relação ao seu próximo , aonde o SEGREDO DA FELICIDADE será desvendado por muitos. Aí volto naquilo que envolve o espiritual , e tudo é treino , faça com que o Elo Espiritual de qualquer pessoa se torne, Curto, Grosso e Forte com relação á você .

+2 +2
Luizia Patrício 23/11/2016 · #3

@Bruno Pinto,que mel saboroso !
Eu obtenho a mesma opinião que o ato de escolher amar vai além dos sentimentos . Estamos habituados a amar com o sentimento,movidos por atração., É sempre bom lembrar que sentimentos são gerados por emoções, motivos que nos leva a acender los digamos assim , o amor esta entre esses sentimentos devido mexer com as emoções. Logo indentificamos uauu eu amo isso, amo tal pessoa e por ai vai... porém se observarmos como amor é uma escolha?! Seu buzz retrata alguma forma de escolher amar algo ou alguém. PARABÉNS! . E VEM pergunta : É possível amar a quem não conheço?,qual não tenho afinidade alguma? E se eu não gostar disso e aquilo? E respondo por mim ok. Desde que você faça a escolha de amar sim , sim é possível . O exemplo maior de amor é o de Deus pelo ser humano, quando uns julgam , coisas ou pessoas,por não serem oque eles consideram certo enfim... Deus simplismente ama , pode não amar nossas ações para conosco para com o próximo,para comno planeta..., mais isso não muda ele nos ama. Para você que tem dificuldade de entender isso. Faça um teste escolha amar algo ou alguém, pelo simples fato de ser o correto a fazer . Pois como direi Deus te amo se não amar o meu próximo ,não condiz, sabe aquele proximo que seus cabelos até arrepiam hahaha pois bem é esse ai. Ame o . Como fazer olhe para ele sem julgar simplismente enxergue o .

+2 +2
Bruno Pinto 23/11/2016 · #2

Hehe sim justamente, por isso aderi a esse título quando vi muitos outros afirmando que é uma escolha, acredito que exista o sentimento do amor esse inexplicável que muitas vezes não escolhemos, exemplificado no clássico amor de mãe que já nascemos amando haha...mas que muitas vezes o amor, mas especificamente o amar também uma escolha que podemos nos permitir ou abrir mão...muito obrigado pelo comentário :D

+1 +1

@Bruno Pinto, não sei se o amor é uma escolha porque a gente, simplesmente, ama. Mas viver ou continuar a viver um relacionamento com a pessoa que amamos é, sim, uma escolha. Claro que, quando amamos, queremos estar perto, amar e cuidar, assim como queremos o mesmo...mas isso nem sempre é possível por inúmeros motivos. Enfim, amar é muito bom e ser amado é melhor ainda. Ótimo artigo para a gente refletir.

+2 +2