Bruno Pinto en Arrasta São Paulo, Comunicação e Jornalismo, beBee em Português Assistente de Serviços de Comunicação • Câmara Municipal de Jaboticabal Hace 6 d · 2 min de lectura · 2,1K

Vamos fazer política?

Vamos fazer política?

Já se sentiu confuso quando o tema é POLÍTICA? Prazer, somos dois! Não tenho vergonha da minha confusão, na realidade sinto medo com as implicações em que as decisões políticas podem trazer a minha vida e a das pessoas ao meu redor. Um pouco egoísta da minha parte? Talvez, mas do que adianta eu sofrer por questões políticas de outros países sendo que não posso fazer nada para mudar a situação deles? Atualmente, o mínimo que posso fazer está relacionado à minha cidade e o máximo ao meu país. No futuro quem sabe, poderei ajudar pessoas lá fora.

Vivi por muito tempo alienado a esse tema, muito me fez falta ter uma educação política, visto que qualquer relação e fato ela está implícita mesmo que subjetivamente. Quando se é devotado a um estilo de vida em uma religião pela qual um de seus preceitos são a abstenção e neutralidade política, não é de se estranhar cidadãos que tem dificuldade para entender e pensar politicamente, mas de forma mais abrangente não se pode fugir das relações que dizem respeito ao espaço público e nem do conjunto de normas e regras de uma instituição, cidade ou país. Dessa forma torna-se possível a vida em sociedade para convivência e organização das relações de poder.



De acordo com a frase usualmente atribuída a Aristóteles, “O HOMEM É UM ANIMAL POLÍTICO”, não dá para fugir, a política faz parte da natureza humana e está em todo lugar, se manifestando de formas variadas e inesperadas na nossa vida. Se usarmos Escolas Públicas, Sistemas Único de Saúde – SUS, Bolsas do Programa Universidade para Todos – PROUNI, ou qualquer outro serviço público, estamos participando da política que está sendo feita no lugar onde moramos, quando reclamamos por melhoria e não aceitamos alguma situação efetiva, estamos tentando de alguma forma mudar o espaço público ou a forma da qual vem sendo administrado, queira ou não isso é fazer política. Engana-se quem pensa que fazer política consiste apenas ao período eleitoral e com votação, apesar de ser algo de muita relevância.

Aqueles que se dizem apolíticos, ou que não se interessam pela política, na verdade têm uma atitude política: estão sendo conservadores e ajudam a manter a situação atual, pois a política permanece a forma mais eficaz para mudar o mundo. Infelizmente o motiva e desanima as pessoas para a política é o mesmo motivo, pelo menos atualmente no Brasil, é a CORRUPÇÃO. Porque não se envolver e descobrir como funciona, e como você pode contribuir para melhorar a política da sua região? Eu particularmente sempre lutei pelos meus direitos e de certa forma fiz política, mas foi somente esse ano depois de começar a trabalhar num lugar onde a política é constante e o tema central do trabalho que pude me familiarizar com o trabalho dos políticos e a forma que a população pode lutar pelos seus direitos. Pesquisando você poderá descobrir os disfarces sob os quais se esconde a atividade política, e perceber que ela pode ser um assunto interessante e agradável.


Por Senado Federal - Congresso Nacional, CC BY 2.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=50491715


Para nos livrarmos da corrupção na política e para que tenha transparência e ética, é preciso que a sociedade tenha a mesma característica e pensamento que ela deseja ver na política, ao invés de ser apenas críticos da conjuntura de uma sociedade, devemos com nossas atitudes do nosso dia-a-dia, analisar as possíveis corrupções que cometemos no nosso cotidiano.

“Seja você a mudança que quer no mundo!” – Mahatma Gandhi.



Fique por dentro dos assuntos políticos que estão em foco no Brasil:

- Reforma do Ensino Médio


 - Medidas de Combate a Corrupção


 - Decisão do Supremo Tribunal sobre o Aborto



 - Protestos em Brasília



Matéria original em: http://www.labirintodeideias.com.br/single-post/2016/11/30/Vamos-fazer-pol%C3%ADtica


Carlos Souza Ribeiro Hace 5 d · #11

Concordo @Bruno Pinto , mas que sabemos fazer uma democracia sem conflitos de ideias , porque ai não sairemos do lugar . Todos, independentemente de partidos ou alas, teriam que sentar numa mesa e, discutir o que é melhor para o País e sua população á principio, mas não é isto que vemos !

+3 +3
Bruno Pinto Hace 6 d · #10

#6 Verdade @Carlos Souza Ribeiro! Independente de partidos ou alas o interesse é o bem comum, o povo, a população. Se o compromisso for fazer o bem sempre haverá progresso. E não existiria democracia se não existisse pluralidade, concorda?

+2 +2
Bruno Pinto Hace 6 d · #9

#5 No Brasil ainda não existe uma estrutura política sólida ainda, mas acredito que daqui alguns anos teremos!!...obrigado pelo comentário @Felipe Souza.

+1 +1
Bruno Pinto Hace 6 d · #8

#4 Eu que agradeço @Luciano Carmo, a frase " O HOMEM É UM ANIMAL POLÍTICO" está diretamente ligada ao significado de ser cidadão.

+2 +2
Carlos Souza Ribeiro Hace 6 d · #6

Olha aí, outro Buzz relevante sobre política @Bruno Pinto e de um texto rico de informações que nos faz refletir muitas coisas sobre Política. Mas gostaria de acrescentar mais um ponto, nas leituras que faço a alguns anos de Mokiti Okada que também discorre sobre Políticos e a Política em geral . "Enquanto existir partidos e alas de algum partido, sempre haverá aqueles de Esquerda , Centro ou de Direita que defenderão seus preceitos e aquilo que acreditam ser o mais IDEAL, então resumindo, nunca entraremos em um acordo, entre eles . E quem sai prejudicado com tudo isto, com certeza é a população que é a mais interessada nas soluções destes mesmos partidos ou alas. Então para finalizar , se todos os políticos seja de qual lado for, realmente assumir o interesse somente em fazer o bem, ajudando á população e o país á crescer, sem interesses próprios , o Mundo será um Paraíso !

+3 +3
Felipe Souza Hace 6 d · #5

O brasileiro é um povo pouco politizado e vemos o reflexo disso não somente durante o processo eleitoral, mas o ano inteiro e em diversos âmbitos da vida... nas reuniões e decisões do condomínio, nas escolas dos filhos, etc.

+4 +4
Luciano Carmo Hace 6 d · #4

Excelente artigo @Bruno Pinto muito obrigado. A frase do genial Aristóteles já diz tudo.

+2 +2
Bruno Pinto Hace 6 d · #3

Pois é, @Breno Barreto, nossa vida em sociedade depende da política. Infelizmente ainda existem pessoas confundindo política com politicagem, confundem protesto com violência e arruaça e por aí vai.

+4 +4