Bruno Pinto en Arrasta São Paulo, Estudantes, Comunicação e Jornalismo Assistente de Serviços de Comunicação • Câmara Municipal de Jaboticabal 04/11/2016 · 2 min de lectura · 1,2K

Você se silencia perante os intolerantes?

Você se silencia perante os intolerantes?
Ontem conversando com uma amiga no trabalho comecei a pensar e refletir na dificuldade de uma pessoa adulta para se alimentar sem poder comer alimentos a base de leite, imagine uma criança então que recém-nascida necessita desse alimento. Essa vida dos que tem intolerância a lactose é bem complicada para não dizer difícil. Felizmente quando uma pessoa tem intolerância a algum alimento, ela faz sua própria dieta e não faz os outros comerem iguais ela. E se for ver por esse lado, a coisa se torna até simples quando a pessoa tem consciência do que não pode comer e consegue substituir por outra coisa equivalente. Não tiveram a sorte de serem toleráveis a tudo.

Você se silencia perante os intolerantes?

Hoje em dia para o azar de muitos, uma quantidade considerável de pessoas não tiveram a sorte de nascerem toleráveis, não digo a tudo porque é forçar a barra, pois até os mais tolerantes e pacientes às vezes ficam indignados com certas coisas. Mas o que é de se admirar é o número considerável daqueles que não conseguem lidar com ideias e opiniões diferentes das deles próprios, que já partem para o xingamento e agressão verbal. Um fator que tem ajudado a proliferação de intolerância é a internet, onde as pessoas tem cada vez mais facilidade para ofender as pessoas e muitas vezes ficar no anonimato.

Você se silencia perante os intolerantes?

Ficamos preocupados e quase sempre exasperados ao ouvir notícias da guerra na Síria, que nasceu e se firma cada vez mais por motivos de intolerância religiosa, mas muito mais me preocupa quando vejo notícias em meu país, estado e até mesmo em minha cidade, casos de intolerâncias de todos os tipos não só religiosa, onde se tem perdido cada vez mais a liberdade de expressão e de ser livre mesmo como ser humano. Onde a sua própria morte estará datada simplesmente por assumir ser gay, ou praticar Umbanda.

Você se silencia perante os intolerantes?

Você se silencia perante os intolerantes?
É triste ver pessoas que se dizem fiéis agirem contrário a sua fé, professar acreditar em Deus, mas não amar seu próximo, querer estimular o valor à família e destruir muitas. Até quando seremos tão cegos a ponto de permitir que tantas atrocidades aconteçam por simplesmente incitar o ódio, até quando ficaremos calados diante de ofensas e atos impiedosos sendo que temos o poder de mudança de transmitir pensamentos de tolerância para o próximo. Até quando nosso direito democrático será ameaçado por políticos que não demonstram um pingo de dever para com a sociedade e o bem-estar social da nação.

Você se silencia perante os intolerantes?
                                                 Por Eduardo Rosa - Trabalho próprio pelo carregador, CC BY-SA 4.0
                                                    https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=52676474

A simples luta e protesto pela educação se transformam em motivo de agressão física e repressão, e o povo não é ouvido de verdade. Aqueles que detêm o poder acham que podem bem fazer o querem, não toleram opiniões contrárias, e até aqueles que discordam da maioria acabam não se fazendo presente, pois sua opinião não fará diferença, acabam abafando a sua própria voz, acabam por deixar de lutar pela mudança, onde a facilidade de conviver com o inescrupuloso é mais razoável que perder todas suas mordomias e apoiar a revolução do que é certo.

Entenda a PEC 241(PEC 55):
Você se silencia perante os intolerantes?

Por mais que eu tente ver o mundo com esperança e acreditar nas famosas e sábias palavras de Mahatma Ghandi para eu "ser a mudança que quero ver no mundo", quando abro a janela do amanhã só consigo ver uma nuvem de incerteza pairando sobre o mundo, espero que as lutas do nosso povo não sejam em vão e que as conquistas não fiquem apagadas em meio a tanta confusão e caos em que nosso país se encontra, e o principal, que não percamos a vontade de se levantar e ir atrás dos nossos sonhos de liberdade e igualdade.


Matéria original em:
http://www.labirintodeideias.com.br/single-post/2016/11/04/Voc%C3%AA-se-silencia-perante-os-intolerantes


Ótimo Bruno! Diante da intolerância, calar-se jamais! ✊

+1 +1
Luizia Patrício 5/11/2016 · #7

#6 acredito se difícil, mais não impossível. Começa por nós né. Não por isso Bruno

0
Bruno Pinto 4/11/2016 · #6

#3 @Luizia Patrício será que algum dia vamos chegar nessa unidade, harmonia e sintonia, tomara né!!? haha...obrigado pelo comentário :)

+1 +1
Bruno Pinto 4/11/2016 · #5

#2 Concordo @Carlos Souza Ribeiro, esse é o objetivo da tolerância, mesmo que você não pense da mesma forma e discorda, vc tolera e respeita, e a intolerância passa por cima disso, desrespeita, isso é errado.

+1 +1
Bruno Pinto 4/11/2016 · #4

#1 Obrigado @Breno Barreto, ótimo fim de semana pra vc! :)

0
Luizia Patrício 4/11/2016 · #3

Exelente texto @Bruno Pinto, respeito o que falta a muitos desde do gestores do pais a humanidade. Deus deu o livre harbitrio a cada ser . Olha que cara show de bolo. Mesmo sabendo que as escolhas de cada um seria por diversas, ele respeitou. A voz do povo tem que ser uma só . Quando houver seja um protesto, uma movimentação por algo. Todos tem que esta na mesma sintonia no mesmo intuito. Respeitar a lei , mais expor através sua necessidade que os gestores não estão as priorizando. Religiosidade não é intimidade com Deus! União isso que falta para os seres humanos. Esta unido gera conflito, pois cada um pensa de forma diferente. Se não houver uma escolha de falar a mesma lingua não haverá resultado.

+1 +1
Carlos Souza Ribeiro 4/11/2016 · #2

Eu, aprendi durante estes últimos anos @Bruno Pinto, com a filosofia japonesa, aonde , existe uma palavra que se chama IZUNOME, que significa Equilíbrio. Então , seja em qual assunto for tratar com o outro, tente o BOM SENSO, mesmo você não concordando e, sabendo que ele esta errado, procure mas colocando a sua observação " Respeito sua opinião, mas tenho outro ponto de vista". Então você evitará atritos que só irão desgastá-los . Voltando na palavra Izunome, quando uma pessoa não é muito radical em determinados assuntos é , mais fácil ter este ponto de equilíbrio, mas quando encontramos pessoas que pende, para um lado ou para o outro, tem possibilidades de sofrer mais, com opiniões alheias.

+2 +2