Carlos Souza Ribeiro en Guia do Emprego & Carreira, Cidade de São Paulo, Marketing e Produto Figurante para Tv, Cinema e Internet • Pellegrini Eventos 1/12/2016 · 2 min de lectura · +900

Como Trabalhar Com Um Chefe Que Você Odeia

 

Nem todos nós temos o prazer (e a sorte) de trabalhar com um chefe de que realmente gostamos e respeitamos. Muitas vezes somos forçados a trabalhar com alguém que mal podemos tolerar. Seja qual for o seu caso, não faz sentido que você mude de trabalho toda vez que você tiver algum problema com o seu chefe. Então vamos ver algumas dicas que podem lhe ajudar com este problema que afeta muita gente – mas não eu, que fique bem claro! ;-)

Descubra se você é parte do problema

Esta é uma pergunta que ninguém gosta de fazer, mas é muito importante. Você tem certeza de que você não é o culpado nessa relação? Como se costuma dizer, “todo mundo é o herói de sua própria história”. Por isso mesmo, dê um passo para trás e pergunte a si mesmo se você está contribuindo para esta má relação.

Muitos funcionários frustrados assim o são apenas por serem sensíveis demais às críticas. Por exemplo, se você está focado na forma como o seu chefe usa para discutir as coisas, você irá perder o verdadeiro teor da mensagem. Concentre-se no que ele está dizendo, ao invés de se preocupar com a personalidade do seu chefe. Escolha suas batalhas com sabedoria, e entenda que ambos têm de trabalhar juntos.


Como Trabalhar Com Um Chefe Que Você Odeia

Seu chefe é uma pessoa má ou apenas um mau chefe?

A primeira coisa que você precisa descobrir é se o seu chefe é um mau gestor ou uma pessoa má. O primeiro implica que ele não lhe dá as orientações necessárias que você precisa para ter sucesso em seu trabalho. O último é algo bem subjetivo, pois retrata uma opinião pessoal. Se o seu chefe é apenas um mau chefe, você pode compensar isso com um planejamento prévio. Se o seu problema com o seu chefe é uma questão de personalidade, isso irá exigir um pouco de reflexão de sua parte. Seja como for, existem maneiras para solucionar ambos os problemas, basta que você identifique-o e tome as medidas necessárias para saná-lo.



Diferenciando “Afeto” e “Respeito”

No exército, você não escolhe seu chefe. E você também não pode se demitir quando você encontra alguém com o qual você realmente não gosta de trabalhar. Você tem que se adaptar, ajustar e encontrar uma maneira de solucionar suas diferenças e seguir em frente. Claro que trabalhar em uma empresa ou loja não é o mesmo que o serviço militar, mas você pode aprender algumas coisas importantes com os nossos amigos de farda. Lembre-se, você não está no trabalho para fazer amigos. Pode ser ótimo fazer amigos no trabalho,