Cristiane Bittencourt Spinelli en Coaching Brasil, beBee em Português, Desenvolvimento Humano Coach de vida e relacionamento • Coach Cristiane Spinelli 21/9/2016 · 3 min de lectura · 1,2K

Princípios da Visão Pessoal

Hoje,  dia 21 de Setembro,  comemora-se o Dia Internacional da PAZ. Quero aproveitar para falar sobre o tema PRINCÍPIOS DA VISÃO PESSOAL. Acredito que não existe um caminho para a PAZ a PAZ é o caminho. E, tudo começa por nós mesmos. Paz no mundo e todos os dias, é o que  desejo. 


Ao iniciar esta leitura, peço que você imagine um espelho a sua frente e, sobre este espelho você veja o seu reflexo livre de qualquer tipo de julgamento, crenças limitantes e, apenas enxergue o seu SER. 


Princípios da Visão Pessoal


Normalmente, o ser humano ao longo do tempo modifica a sua forma de pensar e agir através dos diversos cenários que a vida o apresenta. 


Princípios da Visão Pessoal


Somos movidos pelas escolhas que fazemos. Nossas escolhas determinam a direção e, possivelmente a situação atual que vivemos. Porém, há uma grande falha do ser humano que é transferir seus problemas, fracassos e erros em alguém ou alguma situação.  No livro de Stephen Covey," Os 7 Hábitos de Pessoas Altamente Eficazes", ele aborda a importância da transformação "de dentro para fora" para que possamos enxergar o mundo e suas eventualidades através da ótica de soluções. Quando desenvolvemos um hábito proativo, conseguimos identificar em nossas escolhas, o caminho que irá conduzir a nossa posição desejada, ao contrário quando somos reativos aos acontecimentos e pessoas, o que impede uma visão mais clara e solucionadora de problemas. O comportamento reativo só somatiza os problemas, enquanto a proatividade faz enxergar a importância e foco necessário numa situação. 


A proatividade vence os limites do "ter" para "ser". Não adianta esperar que os outros façam para que suas atitudes sejam iniciadas. Dessa forma, você será passivo. Segundo Covey, o crescimento e as oportunidades estão reservados para os ativos. Aqueles que acordam com energia e valorizam cada segundo da vida para fazer diferente a cada dia. 

Os problemas existem, claro! Devemos ser realistas? Sim, com certeza. Porém, além de tudo...a realidade não pode modificar os seus valores e  interferir em suas emoções no que diz repeito a sua forma de encarar as situações. Segundo o autor Stephen Covey, os problemas que surgem durante nossas vidas, podem ser definidos:

Controle direto - problemas que envolvem nosso próprio comportamento. Ou seja, algo que está dentro do seu círculo de influência, algo que você tem controle e pode modificar positivamente para atingir melhores resultados. Seja sua forma de falar sobre um assunto, maneira de agir a um determinado tema e toda forma que você possa desenvolver métodos para alcançar soluções. 

Controle indireto - Problemas que envolvam o comportamento dos outros. Ou seja, preocupação que não deve está no seu círculo de influência. A sua paz pertence a você. Somente você pode controlar suas emoções e, escolher se deve ou não deixar ser influenciado pela emoção do outro. Se alguém chega até você só com reclamações, pensamentos negativos e pessimismo, alimentar o pensamento dela e fazer parte da mesma energia dependerá exclusivamente de você. Traga para o seu mundo e tente ajuda-la a enxergar outras alternativas mais claras e positivas. Caso seja impossível, não foque nessa preocupação. Ela não pertence a você. 

Controle inexistente - São problemas que não podemos interferir, como por exemplo nosso passado ou realidades situações. Neste caso, saber se adaptar e manter seus valores para que não sejam perdidos em meio às situações que você não tenha controle, é fundamental para o crescimento pessoal. 

Sabendo que há situações que conseguimos modificar e, outras, que precisamos nos adaptar, fica cada vez mais claro que a mudança está de dentro para fora. Quando você modifica sua forma de analisar os fatos, livrando-se ao máximo de rótulos, crenças limitantes e conceitos que o mundo defende como "certo" ou "errado", você se relaciona e cria um poder de escolha mais assertivo e coerente, alcançando vitórias pessoais e públicas, ou seja, não é o mundo que influência em suas escolhas, são as suas escolhas que influenciam sua vida e conduz o seu comportamento no mundo. O que mais importa é a forma como respondemos as experiências da vida. 


PRESTE ATENÇÃO NA SUA LINGUAGEM. 


Princípios da Visão Pessoal

A nossa linguagem determina mentalmente o caminho que vamos seguir. Modificar a forma como indagamos nossas competências e, saber questionar positivamente a fim de encontrar respostas que conduzirão as melhores escolhas. 

Veja o exemplo do quadro abaixo, como a força da linguagem influencia em nossas atitudes. Quando nos limitamos a fazer algo, acreditamos que não somos capazes e passamos a ser vitimas das próprias escolhas, mas fica difícil assumir as consequências que isso pode causar, e torna-se confortável culpar os outros. 

Linguagem REATIVA                                                          Linguagem PROATIVA

Não há nada que eu possa fazer                                    Vamos procurar alternativas
Sou assim e pronto                                                           Posso tomar outra atitude
Ah, se eu pudesse...                                                          Eu vou fazer


O que você foca, expande. Para todo estímulo há uma resposta, portanto é importante entender as próprias fraquezas e aprender com os erros, assumindo as próprias falhas e buscar sempre melhorar a fim de desenvolver forças capazes de superar cada desafio que a vida proporcionar. Quando focamos em um problema que não esteja dentro do nosso poder de influência, ou seja, que não podemos modificar emocional ou psicologicamente, o ideal é que sejamos adaptáveis e resilientes para não deixar as emoções reativas estimularem algo inicialmente pequeno, em uma ação incontrolável. 


Somos seres racionais, responsáveis e com a capacidade de treinar nossa própria consciência e saber analisar o próprio "mapa mental" que irá influenciar nas direções da vida.  



Sempre que achamos que o problema "está lá fora" , este pensamento em si é o problema. Damos ao que está lá fora o poder de nos controlar. 
Stephen Covey
Não espere o comportamento do outro para determinar como será o seu. Não deixe de acreditar nos seus objetivos, porque o outro diz que é impossível. Não adie uma ação esperando que o outro faça. Não julgue ninguém sobre suas conquistas e fracassos, pois cada individuo carrega uma bagagem de experiências que determinam seus resultados. Olhe para dentro de si e perceba que o mundo possui muitas oportunidades e, os problemas existentes só serão obstáculos em sua vida, se você focar apenas nas preocupações. 

Quais são os seus recursos e iniciativas para transformar o seu mundo? Transforma-se e não espere que o mundo mude para você mudar. 




Fonte: Os 7 Hábitos de Pessoas Altamente Eficazes, Stephen R. Covey. 



Heleno Sabino 23/9/2016 · #5

Este usuario ha eliminado este comentario

0

#2 Exatamente @Franciane Nunes Paciência Torres. Obrigada por sempre valorizar com seus comentários. Beijos!

+1 +1

#1 Sem dúvidas, @Marcos Vinicius Fernandes Ferreira. Infelizmente, ainda vejo pessoas culpando os acontecimento do mundo sobre suas escolhas. Obrigada por comentar. :)

0

Costumo dizer que devemos pensar em nós mesmos em primeiro lugar, até porque, ninguém gosta de passar por momentos dificeís, ninguém gosta de sofrer por escolhas mal feitas e pelo resultado de ser reativo, portanto, antes da mudança acontecer, devemos prestar atenção no que está acontecendo ao nosso redor e nas pessoas que nos cercam, assim poderemos identificar o que nos incomoda e nos tornamos proativos. Escolhas mal feitas e ser reativo, muitas vezes, vem do que acontece ao nosso redor e através das pessoas que nos cercam. Daí vem a mudança de dentro para fora: expulsar o que faz mal e colocar para dentro o que faz bem, incluindo a proatividade. Parabéns, @Cristiane Bittencourt Spinelli, pelo texto e pela mensagem perfeita .

+1 +1

Perfeito @Cristiane Bittencourt Spinelli! Primeiro as mudanças devem começar dentro de nós e só então poderemos propiciar mudanças ao nosso redor!

+2 +2