Declev Reynier Dib Ferreira en Turista Profissional, Estudiantes y Universitarios, Hostelería y Turismo Editor - Fotógrafo • Blog Turista Profissional 6/11/2016 · 3 min de lectura · 1,8K

As 11 praias do Campeonato Mundial de Surf de 2016

Pra você que gosta de surf e torce pela nova geração de surfistas brasileiros (como Gabriel Medina e Adriano de Souza), trazemos as praias onde foram realizadas as baterias do Campeonato Mundial de Surf de 2016

A momondo, buscador de passagens aéreas e reservas de hotéis, relacionou os destinos onde o torneio foi disputado, que inclui praias na Austrália, Pacífico Sul, América do Norte, Europa, Havaí e o Rio de Janeiro.

São destinos de tirar o fôlego e que oferecem muitas atrações para quem planeja assistir de perto as disputas de baterias entre os melhores do mundo. Você pode aproveitar para pensar em fazer viagens para os litorais mais bonitos do planeta.

1. Gold Coast, Queensland, Austrália (10 a 21 de março)

Gold Coast é conhecida como “Paraíso dos Surfistas”, com 70 quilômetros de praias ensolaradas e um confortável clima subtropical. Com temperatura agradável e céu ensolarado durante boa parte do ano, a cidade mistura grandes prédios altos e espelhados, praias e parques temáticos.

As 11 praias do Campeonato Mundial de Surf de 2016

2. Bells Beach, Victoria, Austrália (24 de março a 5 de abril)

Cenário da segunda etapa do mundial, esta praia abriga desde 1961 a clássica competição de Surf de Bells Beach. Para quem procura boas ondas, é indicada entre os meses de março a outubro. Além do surf, oferece bons ventos e uma água cristalina perfeita para velejar, mergulhar, pescar e praticar windsurf.

As 11 praias do Campeonato Mundial de Surf de 2016

3. Margaret River, Western Austrália (8 a 19 de abril)

A costa de Margaret River, a oeste da cidade, é um conhecido point de surf. Desde 1985, a praia recebe uma das etapas do Circuito Mundial. A cidade também é um dos mais importantes destinos de degustação de vinhos e um convite para conhecer a gastronomia da Austrália.

As 11 praias do Campeonato Mundial de Surf de 2016

4. Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, Brasil (10 a 21 de maio)

A praia da Barra da Tijuca é a maior do Estado do Rio de Janeiro. Com mais de 14 km de extensão, é muito procurada pelos surfistas, oferecendo boas ondas para a prática do esporte. Apesar de estar cada vez mais urbanizada, a orla ainda mantém um clima de tranquilidade e praia deserta para relaxar e apreciar as manobras.

As 11 praias do Campeonato Mundial de Surf de 2016

5. Namotu, Tavarua, Fiji (5 a 17 de junho)

Apesar de receber o Circuito Mundial, o acesso a ilha de Fiji é bastante restrito. Gerida por uma companhia de surf privada, que disponibiliza aos visitantes o único resort local, os turistas têm como opção de lazer, além de boas ondas, uma rampa de skate, piscina, spa e massagem. O mergulho também atrai os visitantes à ilha, que oferece uma grande quantidade de corais e uma fauna marinha exuberante.

As 11 praias do Campeonato Mundial de Surf de 2016

6. Jeffrey’s Bay, África do Sul (6 a 17 de julho)

A cidade de Jeffrey’s Bay é, sem dúvida, um dos palcos mais belos das etapas do circuito mundial de surf profissional. Desde os anos 80, a competição vem contribuindo bastante para a divulgação do local. Muitos turistas de diversas partes do mundo visitam a região anualmente em busca de suas atrações. As lojas, os restaurantes, os hotéis; tudo gira em torno do surf.

As 11 praias do Campeonato Mundial de Surf de 2016

7. Teahupo’o, Taiti, Polinésia Francesa (19 a 30 de agosto)

Teahupo’o, uma vila na costa sudoeste da ilha do Taiti, é temida por ser a praia com as ondas mais radicais do planeta. Reservada apenas aos surfistas mais corajosos e experientes, suas ondas podem chegar a 7 metros e foram palco para recordes mundiais das maiores ondas já surfadas até hoje.

As 11 praias do Campeonato Mundial de Surf de 2016

8. Lower Trestles, Califórnia, EUA (7 a 18 de setembro)

Trestles é visita obrigatória para quem quer surfar na Califórnia. O Campeonato Mundial colocou a praia no mapa dos amantes das boas ondas. Localizada na cidade de San Clemente, é um destino muito procurado também para dias de pura diversão e muito sol.

As 11 praias do Campeonato Mundial de Surf de 2016

9. Landes, Aquitaine, França (4 a 15 de outubro)

Localizada na costa sudoeste, Landes é uma das melhores praias da França para a prática do surf. A região também ganha destaque por suas dunas e florestas. Há poucas opções de hospedagem, em pequenas pousadas integradas à natureza. Por isso, é recomendável reservar com antecedência.

As 11 praias do Campeonato Mundial de Surf de 2016

10. Peniche, Cascais, Portugal (18 a 29 de outubro)

Peniche é uma cidade portuguesa à beira-mar repleta de cultura, tradições e notáveis recursos naturais, mas que ficou mesmo conhecida pela prática de esportes náuticos. Com um vasto patrimônio cultural e religioso, também se destaca pela riqueza de sua gastronomia, com cardápios que vão da massa italiana até frutos do mar. Enquanto as ondas não rolam, não deixe de conhecer o monumento do Forte de Peniche, o Cabo Carvoeiro, a Fonte do Rosário e o Forte de São João Batista, na ilha Berlengaou.

As 11 praias do Campeonato Mundial de Surf de 2016

11. Banzai Pipeline, Oahu, Havaí (8 a 20 de dezembro)

Surfar as ondas tubulares perfeitas de Banzai Pipeline, no distrito havaiano de Pupukea, na ilha de Oahu, é o sonho de qualquer surfista. É também um ótimo lugar para simplesmente relaxar aproveitando a natureza e as belas paisagens do Havaí. As melhores opções de hospedagem ficam em North Shore.

As 11 praias do Campeonato Mundial de Surf de 2016


Tifany Rodio 22/11/2016 · #4

Antigamente também tinhamos uma etapa do WCT em Imbituba (SC) e era muito bacana.

0
Marcelo Pereira Silva 7/11/2016 · #2

Quando rolar na Tijuca, estarei lá!

0

Um dia ainda aprenderei a surfar… de momento fico só na torcida e com vontade de visitar essas praias tão bonitas.🏄

+1 +1