Denise🐝 Da Vinha Ricieri en Rede Innovares de Conhecimento (Innovares Hive), beBee em Português, Professores e Educadores Professor e Pesquisador (colaboração técnica) • Universidade Federal do Ceará 16/11/2016 · 3 min de lectura · 2,2K

Perspectiva de “exame de ordem” para professores perante os novos modelos educacionais?

Empreender é pensar diferente, antever cenários, analisar perspectivas baseadas em evidências consistentes e sair na frente com soluções inovadoras, criativas e sustentáveis. Não, empreender não, necessariamente, é um conceito ligado à abertura de empresas. Empreender é uma atitude mental (mindset), um comportamento perante a vida e os percursos que traçamos, em busca dos nossos sonhos e realizações.

Não é diferente na Educação. Somos todos empreendedores da Educação: professores, gestores, estudantes e comunidade. Todos já estudamos (e continuamos a estudar e aprender o novo, e com o novo!), somos pais e temos filhos estudando (e queremos o melhor para a aprendizagem deles), somos cidadãos e interagimos com pessoas que nos fazem admirar – ou lamentar – o sistema educacional (a depender do comportamento e da performance que essas pessoas apresentam nos meios onde interagem conosco).

Perspectiva de “exame de ordem” para professores perante os novos modelos educacionais?

Sim, deveríamos ser todos empreendedores do aprender-a-aprender, e não do ensinar. Há cerca de 5 anos o já cenário vinha se desenhando para mudanças profundas no modo em que o ensino é ofertado. E aqui lançamos mão da palavra ensino – em oposição à expressão aprendizagem – enquanto processo estático e superado, fora dos objetivos na formação de competências para o profissional de hoje (é… o futuro já chegou!).

Por isso, para quem tem o empreender como atitude mental (mindset), era de se esperar, diante de todo o debate causado pela MP 746 sobre o novo ensino médio (que sistematiza e implanta a BNCC para 2017) que medidas viessem à baila, e assegurassem professores capazes de fazer dessa MP uma realidade.

Como empreendedores, na Rede Innovares temos suscitado discussões e reflexões que vão ao encontro dessa visão, especialmente quando apresentamos os textos sobre growth mindset aplicado à educação, metodologias ágeis e flexíveis,