DILMA BALBI -📃 Engenharia&gestão in Profissionais Administrativos, beBee em Português Gestora Contratos - Coordenação Jan 1, 2018 · 1 min read · 3.5K

Fechando um, abrindo outro, 2017 já foi

  • 2017, de fato, não teve comportamento amador!

De nenhuma maneira, que fique registrado


  • Continuou a ser desvendada a face mais antiga do Estado brasileiro que insiste em ser servido.

Como na época da revolução francesa, lá em 1789...


….quase se  ouviu dizer para o povo que comam brioche

se não é possível comprar o pão!


Fechando um, abrindo outro, 2017 já foi

  • Houve também o retorno de doenças como a febre amarela que já não se ouvia falar por aqui desde 1958 , quando declarada sob controle,há quase 60 anos.



  • O Rio de Janeiro, estado que foi capital do Brasil de 1763 até 1961, se tornou exemplo de tudo o que de pior pode acontecer com o restante da federação.
  • 1   A administração pública não dá conta do pagamento de salários e aposentadorias dos servidores, nem dos

serviços elementares como saúde, educação, transportes e segurança pública.

  • 2   O estado do Rio virou uma especie de “bicho-papão” para amedrontar os demais estados.
” Se não fizer mudanças vai ficar igual o Rio de Janeiro”, é frase repetida a exaustão.


  • Teve ainda um julgamento que após 3 anos do ocorrido e da aparente abundância de provas resultou em nada.


  • Teve prisões de pessoas social e economicamente relevantes, cercadas de manifestações midiáticas devidamente registradas e repetidas reforçando a monetização dos diversos meios de comunicação.


  • Diversas delações, termo que fez parte da conversa de boteco, incorporado ao dia a dia; delações que foram responsáveis por diversas crises de ansiedade e mercados financeiros em curto circuito. 
  • 1 O chefe do governo central balançou mas tal qual bambu retornou ao prumo e Tudo como dantes no quartel de Abrantes ...Viva Napoleão!


  • Desnecessário é relembrar o nível indecente de desempregados, de “nem-nem”, de toda uma geração perdida.


Uma profunda desconexão entre a produção de riqueza e a distribuição.

  • Tributos passeando na capital do país e os cidadãos vivendo nos mais de 5 mil municípios, muitos sobrevivendo de “mesada”. 


  • Tratar da precária situação do saneamento básico e do tratamento dos dejetos sólidos é de revirar o estômago.


  • De comércio exterior “ni hablemos” e da perda de importância deste país no cenário internacional, também não.



Como dito anteriormente, amadores não dão conta de toda esta situação.

  • Para acalmar as palpitações que a breve retrospectiva reserva, lanço mão de duas frases, de poder curativo, na minha visão de gente simples, classe média solapada e sem requintes.


  • Frases que ajudam ao rio que necessariamente deve  entrar no mar, pois outro caminho não há:


As frases são:


  • 1      “Não tenhas medo“, frase repetida mais de 100 vezes no livro mais lido do mundo:  A Bíblia .  

Triste da criança que não ouviu esta frase do seu adulto.

Mas …mesmo sendo adultos e mesmo sem crer, repetindo diversas vezes a frase "Não tenhas medo" pode vir um alento… Experimentar é gratuito e sem contra indicação : basta repita em voz alta.


  • 2   “Chegamos ao ponto em que coletivamente estamos fartos de tudo e individualmente fartos de estar fartos. Extraviamo-nos a tal ponto que devemos estar no bom caminho”  Fernando Pessoa 


Acrescentar o que quer que seja seria inútil!


Feliz 2018!