Edna Rodrigues en psicólogos e psiquiatras, Psicologia, Medicina Alternativa Psicóloga • Consultório Particular 19/10/2018 · 1 min de lectura · +100

Hipocondria

HIPOCONDRIA

Hipocondria é um comportamento apresentado pelo indivíduo, onde ele acredita ser portador de uma doença terrível me que sua vida pode estar em perigo. O indivíduo hipocondríaco tende a ficar ansioso com a doença, mesmo se não há evidência médica de risco de morte. Por exemplo, uma simples dor de cabeça pode significar um tumor cerebral ou coisas do tipo.

Ainda não há explicações que justifiquem a causa das pessoas desenvolverem os sintomas da hipocondria e essa preocupação excessiva com a saúde e o risco de estar com alguma doença muito grave; porém acredita-se que é derivado de experiências de vida, questões genéticas ou o tipo de personalidade.

A hipocondria atinge homens e mulheres igualmente aparecendo no início da vida adulta quando a preocupação com a saúde passa a ser mais experimentadas pelo indivíduo, mas pode se desenvolver em qualquer idade, até mesmo tardia. O indivíduo pode desenvolver hipocondria devido alguns fatores como: A morte de um ente querido; ter convivido com pessoas portadoras de doenças graves; ter um transtorno de ansiedade; ter sofrido alguma doença grave na infância; ter pais negligentes ou abusivos; ter parentes próximos hipocondríacos.

A pessoa com hipocondria apresenta os seguintes sintomas: fala várias vezes sobre seus sintomas ou doenças que desconfia ter; Avalia frequentemente o corpo em busca de sintomas; pensa ter uma doença só de ouvir falar nela; tem um medo intenso de ter uma doença grave; troca frequentemente de médico buscando ouvir uma segunda opinião; observa frequentemente seus sinais vitais, como pressão arterial ou pulsação; apresenta preocupação excessiva em relação aos menores sintomas pensando significar uma doença grave, etc. Além disso, as pessoas hipocondríacas tendem aumentar os sintomas quando realmente estão doentes. Porém a principal característica está no pensamento obsessivo de que isso se trata de uma doença muito grave e que isso pode por sua vida em risco.

É normal ter preocupação com a saúde, e realizar exames frequentemente para evitar doenças futuras, mas quando isso se torna obsessivo é indício de problemas sérios. Quando isso ocorre é necessário procurar ajuda de especialistas, quem pode ajudar a diagnosticar a hipocondria são: psicólogos, psiquiatras e clinico geral.

O diagnóstico da hipocondria se dá através de exames físicos onde o médico irá constatar que o paciente está em perfeitas condições de saúde física; será realizada também uma avaliação psicológica para analisar os comportamentos e sentimentos da pessoa; testes de laboratório também são feitos para avaliar a tireoide e se há abuso de álcool e drogas. De acordo com o DSM-IV o diagnóstico de hipocondria apresenta: Dificuldades na vida social, trabalho e na rotina diária, por conta dessa preocupação ou sintomas; Preocupação por cerca de seis meses ou mais em ter uma doença série, baseada em sintomas corporais e ansiedade com essa preocupação.

É importante que o paciente aprenda mais sobre a hipocondria, até para saber melhor como lidar. Essa educação sobre o quadro também é importante para a família do paciente; uma das abordagens no tratamento é a psicoterapia, concomitante com medicamentos principalmente os antidepressivos, é importante também tratar as comorbidades como depressão e ansiedade. Não há formas conhecidas de se prevenir a hipocondria. Mas tratar o problema desde cedo faz com que a recuperação seja melhor e os impactos na vida cotidiana sejam menores, pois pode apresentar complicações como: Raiva e frustração excessivas; Abuso de substâncias; depressão e transtornos de ansiedade; riscos a saúde decorrentes de procedimentos médicos desnecessários e problemas em relacionamentos, no trabalho ou escola e até mesmo altos gastos com procedimentos e consultas médicas.

Hipocondria


Bienvenida Edna a esta comunidad de abeBeejas Augusto, donde el conocimiento individual se pone al servicio de la sabiduría colectiva. Si quieres ampliar información sobre beBee la puedes encontrar en este enlace: https://www.bebee.com/producer/hive/bebee-espanol/guia-bebee

0