Franciane Nunes Paciência Torres en beBee em Português, Redes Sociais Bebee • Brand Embassador 3/11/2016 · 3 min de lectura · 2,4K

"Bebee oferece a todos os usuários o necessário para melhorar o networking e sua marca pessoal"

"Bebee oferece a todos os usuários o necessário para melhorar o networking e sua marca pessoal"


Javier Cámara Rico, CEO e fundador da beBee. 


Além do uso feito para o lazer, as redes sociais adquiriram grande destaque no mercado de trabalho. São muitas as plataformas que experimentaram um enorme crescimento, como é o caso de beBee, uma rede social criada em 2015, que liga o aspecto profissional com o pessoal. Seus criadores, Javier Cámera (CEO e fundador) e Juan Imaz (presidente e co-fundador), tem uma missão muito clara: criar um mundo profissional mais aberto e conectado com interesses em comum para além do apenas profissional. Algo que, de acordo com seus fundadores, pode ser a chave para levar o networking a um passo mais à frente.


Desde o seu lançamento, beBee conseguiu ajudar mais de 11 milhões de usuários em todo o mundo e, segundo a FMK-Foromarketing, o maior número de usuário está na Espanha, com 4,5 milhões de usuários, mas Javier Cámara, CEO da beBee, está otimista frente a outros mercados, como EUA, Brasil, México ou países de língua Inglesa, onde estão cada vez mais forte o volume de usuários ou "abelhas", como eles gostam de chamar-se.


Como nasceu o beBee? Com qual objetivo? 

Bebee nasceu quando meu parceiro, Juan Imaz e eu, percebemos que, embora houvesse muitas redes sociais, não havia nenhuma afinidade, ou com o conteúdo ou com os próprios contatos além das relações profissionais ou familiares. Houve apenas muito barulho.


Qual é o elemento diferencial do beBee frente a outras redes sociais com foco na busca de emprego? Por exemplo, LinkedIn.

Nosso principal diferencial, não só com o LinkedIn, mas com outras redes sociais, é que somos uma rede social profissional, onde o fator pessoal e os interesses dos nossos usuários desempenham um papel fundamental na hora de fazer contatos e ver conteúdos. Em beBee não somos apenas profissionais: somos pessoas e, por vezes, interesses em comum, além do meramente profissional, pode levar o networking a um passo adiante. 

Desta forma, o networking fica muito mais fácil, pois não só têm em comum o setor profissional, mas também hobbies e interesses, o que ajuda muito a iniciar conversas entre os usuários. E quem sabe onde você possa: começar um novo negócio, encontrar um parceiro com quem possa praticar seu esporte favorito ... As possibilidades são quase infinitas.


As empresas são conscientes da importância adquirida pelas redes sociais na procura por emprego? 

É claro que elas estão cientes das muitas vantagens que estas ferramentas oferecem para encontrar e contratar profissionais. Graças as redes sociais, você pode ver mais do que um currículum. Em beBee, não só elas verão o currículum, como também vai ver como é essa pessoa, qual a sua motivação e, o mais importante, se ela pode se encaixar no ambiente de trabalho.  


Graças as redes sociais, as empresas podem ver mais que um currículum.


Como você bem comentou, não são tratados somente as questões profissionais...Os usuários do beBee também podem trocar informações com outros usuários sobre questões pessoais ou hobbies. Por que você está interessado neste aspecto? 

Em beBee consideramos fundamental a importância de certos fatores pessoais para as relações profissionais, como os interesses. 

Um exemplo muito representativo está em fazer negocios em campo de golfe. Onde o esporte é um hobby pessoal que é compartilhado de forma a tornar as relações profissionais mais fortes e melhores. Isso acontece com o remo, tênis...Mas quem sabe não possa surgir também em outros passatempos? Em beBee damos aos nossos usuários a oportunidade de descobrirem um mundo profissional mais aberto e conectado. 


Em beBee é fundamental a importância de fatores pessoais para as relações profissionais. 


Como o beBee é financiado?

O modelo de negócio do beBee é baseado em publicidade. Acreditamos em um modelo absolutamente livre para o usuário. Queremos dar a todos o livre acesso a uma rede social onde você tem tudo o que precisa para fazer networking e melhorar sua marca pessoal. 


Na Espanha, temos uma equipe de grandes e importantes empresários, mas fíguras do empreendedorismo em comparação com outros países, são ainda mais baixos. Por quê? O que a isso se deve? 

A Espanha é um país onde não há tanto talento criativo, não me canso de repetir, mas falta o ecossistema empreendedor. Em beBee temos muito claro e confiamos ao proporcionar oportunidades para a exibição. O problema é que ainda há pouco apoio no meio empreendedor e muitas pessoas, eventualmente, saem ou não conseguem financiamento para os seus projetos.  


Você acha, então, que as intituições em nosso país não sabem como reconhecer e valorizar os empreendedores como eles merecem?

Eu acho que não o suficiente. Espanha ainda é um mercado muito imaturo nesta área, de modo que em breve vamos abrir um escritório no Vale do Silício, que é o coração das empresas de base tecnológica. 


Falando em E.U, onde você acha que está a diferença com a Espanha na hora de empreender? 

A diferencia é enorme. Em E.U, por exemplo, as pessoas saem da universidade com seu projeto de startup já iniciado, algo que aqui é impensável. Não é um ambiente de aprendizagem, inovação e conhecimento profundo. Vimos muito claro quando estivemos no Vale do Silício em Setembro, onde fomos convidados para o evento Startups Europe to Silicon Valley (SEC2SV).


Vamos falar sobre o futuro. Quais são os objetivos para a companhia para o próximo ano?

Confiamos em nosso produto e como sonhar é livre, sonhamos grande. Nosso objetivo é ultrapassar a marca de 40 milhões de usuários até o final de 2018.

Agora o nosso principal objetivo mesmo é ganhar presença no mercado britânico, especialmente, em E.U. Esta é outra razão pela qual esperamos estar no Vale do Silício Valley em breve.


Para terminar, qual conselho você daria para todos os que querem empreender?

Gostaria de dizer-lhes para não desistir e perseguir seus objetivos. Se você acredita em seu produto, ele tem que ir adiante. Muitas pessoas dizem que não vão assumir riscos, que preferem procurar algo estável para não ficarem em apuros...mas quem ousa, ganha. Isso é assim.




Esta entrevista está publicada em Foro Marketing. Clique no link para ir para a publicação original.

"Bebee oferece a todos os usuários o necessário para melhorar o networking e sua marca pessoal"