Franciane Nunes Paciência Torres en Artistas, Músicos e Atores, beBee em Português Bebee • Brand Embassador 24/11/2016 · 1 min de lectura · 2,0K

Um pouco da carreira de Elis Regina!


Nesta Quinta, 24 de Novembro, estreia, no cinema, o filme "Elis". Um filme que fala sobre nossa eterna Elis Regina que, para mim, foi e continua sendo a maior cantora do Brasil (não desmerecendo as muitas outras belas cantoras). E este producer é uma pequena e singela homenagem a ela, que cantava principalmente com a alma. 


Um pouco da carreira de Elis Regina!

Elis Regina foi uma cantora brasileira. Por sua performance versátil, foi considerada a maior cantora do Brasil. É Também reconhecida pelas sua forma de expressão altamente emotiva, tanto na interpretação musical quanto em seus gestos.


Elis Regina de Carvalho Costa nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, no dia 17 de março de 1945. Começou a cantar, com onze anos de idade, no programa "No Clube do Guri", na Rádio Farroupilha, apresentado por Ari Rego. Em 1960 foi contratada pela Rádio Gaúcha e em 1961, com 16 anos de idade lançou seu primeiro disco, "Viva a Brotolândia".


Tenho o prazer de me danar e me recompor sozinha, não preciso de muletas.
Elis Regina


Em 1964, já se apresentava no eixo Rio São Paulo. Assinou contrato com a TV Rio, para se apresentar no programa "Noite de Gala". Sob a direção de Luís Carlos Miéle e Ronaldo Bôscoli, Elis Regina se apresenta no "Beco das Garrafas", reduto da Bossa Nova. Nesse mesmo ano muda-se para São Paulo.


Em 1965, fez a sua estreia no festival da Record com a música “Arrastão”, de Edu Lobo e Vinícius de Moraes. Recebeu o Prêmio Berimbau de Ouro e o Troféu Roquette Pinto. Foi eleita a melhor cantora do ano.


Entre 1965 e 1967, ao lado de Jair Rodrigues, apresentou o programa "O Fino da Bossa", na TV Record em São Paulo. O programa gerou três discos. O primeiro "Dois na Bossa" vendeu um milhão de cópias. Em 1968, se apresentou duas vezes no Olympia de Paris.


Elis Regina tinha um gênio forte, recebeu o apelido de Pimentinha. Era uma artista eclética, interpretava canções de vários estilos, como MPB, jazz, rock, bossa nova e samba. Levou à fama, cantores importantes como Milton Nascimento, João Bosco e Ivan Lins. Fez dueto com Tom Jobim, Jair Rodrigues, entre outros.


Aprendi que a vida é feita de dois lados. Você precisa conhecer o lado torto para conhecer o lado bonito. Então, nesse sentido, todas as experiências pelas quais nós passamos são absolutamente válidas. 
Elis Regina


Entre os seus álbuns estão: "Em Pleno Verão" (1970), "Elis e Tom" (1974), e "Saudade do Brasil" (1980). Entre suas músicas mais interpretadas estão: "O Bêbado e a Equilibrista", "Como Nossos Pais", "Madalena" e "Casa no Campo". Curiosamente a sua voz foi colocada no patamar de instrumento musical na Ordem dos Músicos do Brasil, tamanha era a sua capacidade vocal.


De sua união com Ronaldo Bôscoli nasceu João Marcelo Bôscoli (1970). E de sua união com César Camargo Mariano nasceram, Pedro Camargo Mariano (1975) e Maria Rita (1977).


Elis Regina faleceu com apenas 36 anos, em São Paulo, no dia 19 de janeiro de 1982. Sua morte foi decorrente do consumo de cocaína e o uso exagerado da bebida alcoólica.


Um pouco da carreira de Elis Regina!



Fonte: https://www.ebiografia.com/elis_regina/

#3 Imagino a comoção que deve ter sido mesmo, @Carlos Souza Ribeiro, até porque ela estava no auge da carreira e faleceu muito jovem. Só nos resta mesmo lembrar da alegria que ela nos proporcionou e de suas belas músicas.

0

#2 Que bom, Adriana, que podemos sempre ouvir as músicas de Elis e que as obras dela estão acessíveis na internet. Também amo de paixão Elis Regina!

0

Realmente, @Marcos Vinicius Fernandes Ferreira, Elis regina é tudo isso o que você falou. Assino em baixo.

0
Carlos Souza Ribeiro 24/11/2016 · #3

Eu me lembro que na época que foi anunciada sua morte, eu trabalhava com táxi na capital de São Paulo e, nesta hora, eu me encontrava no Hospital das Clínicas ao lado, aonde a Elis morava e foi levada e, no seu percurso feito nas ruas da capital, dirigindo ao cemitério, eu também sai correndo atrás do caminhão do corpo de bombeiros que levava seu esquife e com milhares de pessoas também acompanhando . Foi de uma comoção enorme, mas que agora temos que lembrar das alegrias que ela nos proporcionou

+3 +3
Adriana Bruno 24/11/2016 · #2

Amo de paixão!

+4 +4

Diva, Deusa, Genial, Brilhante... ❤️

+3 +3