Franciane Nunes Paciência Torres en beBee em Português Bebee • Brand Embassador 30/11/2016 · 3 min de lectura · 1,3K

Um resumo da carreira do "veloz e furioso" Paul Walker!!


Há 3 anos o "veloz e furioso" Paul Walker nos deixou. Um ator que amava velocidade e que adorava o mar e surfar. Confesso que não conheço muito sobre ele, mas o admiro pela maneira como encarava a vida e o trabalho. Hoje, o producer é sobre o resumo da carreira deste brilhante ator que morreu fazendo o que mais amava. 


Um resumo da carreira do "veloz e furioso" Paul Walker!!(Imagem: cnn.com



Paul começou como modelo desde criança, quando tinha dois anos de idade, estrelando um comercial das fraldas Pampers. Na sequência começou a trabalhar na TV, e a partir de 1985, aos doze anos, conquistou papeis em séries de TV como, "Highway to Heaven", "The Young and the Restless" e "Touched By an Angel".

Em 1986, ganhou seu primeiro papel no cinema, deixando de lado a carreira de modelo, que começou incentivada pela mãe, uma ex-modelo. Depois, participou de "Throb", em 1986, "Charles in Charge" (1990) e "Who’s the Boss?" (1991).


Eu sou um sonhador. E a vida é muito curta.
Paul Walker. 


Sua estréia no cinema foi em 1986, no filme "O Monstro do Armário". Paul continuou com papéis em diversos outros filmes sem muito sucesso. Em 1998, veio o filme "Os Irmãos Id & Ota", sendo que com esse filme ele ganhou fama.


Isto o levou a papéis de apoio nos filmes "Pleasantville - A Vida em Preto e Branco", "Marcação Cerrada", "Ela É Demais" e "Sociedade Secreta".

Em 2001, Walker chegou ao total estrelato ao contracenar com Vin Diesel no bem sucedido filme de ação Velozes e Furiosos. O filme deu notoriedade a Walker e o levou a fazer a sua sequencia em "+ Velozes + Furiosos".


Eu achei que faríamos um filme só [Velozes e Furiosos]. Nós tivemos sorte. Não houve muito risco - eu era novo na indústria, tinha feito apenas uns dois filmes, Vin [Diesel] tinha feito O Resgate do Soldado Ryan... Na época a fórmula estava certa, não tinha custado muito dinheiro, eles sabiam que já havia um público... Eles só não perceberam o quão grande era esse público. Eles acharam que talvez estivessem fazendo um filme para uma cultura underground de carros, para as pessoas do sul da Califórnia, e estavam rezando para que houvesse um mercado mundial maior. Eles sabiam que no Japão poderia dar certo, mas não sabiam o quanto. Tudo terminou sendo bem maior do que todos pensaram, obviamente. O bom de Rob Cohen é que - para um jovem, tudo isso era uma diversão. Mas Rob Cohen não pensava assim. Ele queria desenvolver tudo isso, amarrar os temas - e eu só queria saber quando é que ia dirigir aqueles carros de novo. Mas obviamente ele pensou em tudo direitinho; foi ele quem cuidou de tudo e teve orgulho daquilo que estava apresentando. O resultado, ao invés de ter sido um bando de crianças se divertindo e pegando garotas, acabou virando algo muito maior. Eu não sei se Vin concorda com o que estou dizendo, mas eu posso te garantir que se você nos desafiasse a criar outra franquia do zero para durar onze anos, não ia dar certo. Essa franquia é uma daquelas coisas que acontece de vez em nunca e nós, felizmente, fizemos a coisa certa, na hora certa.
Paul Walker.


Ele continuou a sua carreira com os principais papéis em filmes como "Perseguição - A Estrada da Morte", "Linha do Tempo", "Mergulho Radical", e teve também um papel de apoio na adaptação de Clint Eastwood, "A Conquista da Honra" de 2006.


Tudo o que realmente importa é se as pessoas que você ama estão felizes e saudáveis. 
Paul Walker.


Entre alguns de seus filmes, destacam-se "No Rastro da Bala" e "Resgate Abaixo de Zero" da Walt Disney Pictures, ambos lançados em 2006. Resgate Abaixo de Zero garantiu críticas e elogios, abrindo em primeiro lugar nas bilheterias, extrapolando a marca dos $20 milhões durante seu primeiro fim de semana de estreia. Durante as filmagens de "No Rastro da Bala", o diretor Wayne Kramer ficou bastante satisfeito com a atuação de Walker no filme.


Walker estrelou no filme independente "Entre a Vida e a Morte" que foi lançado em DVD em 21 de outubro de 2008.

Ele posteriormente retornou à franquia de "Velozes e Furiosos", retomando seu papel em "Velozes & Furiosos 4", como "Brian O'Conner", o filme foi lançado em 3 de abril de 2009.



As pessoas me perguntam se eu penso em fazer outros gêneros de filme além de ação e eu digo que não. Eu gosto disso. Teve um dia que Justin Lin [diretor] chegou todo triste e me pediu desculpas. Quando eu perguntei o que tinha acontecido, ele olhou para mim com um sorrisão na cara e disse "não tem ação para você hoje"! Ele sabe que aqueles são os dias que eu fico mais feliz. Isso não acontece com muita gente por conta de seguro e termos de responsabilidade, mas eles confiam em mim o suficiente, acham que eu não vou me machucar ou machucar outras pessoas. Isso é um tremendo elogio.
Paul Walker. 


Walker está no elenco de "Takers", filme que trás Matt Dillon e Hayden Christensen. As filmagens começaram no início de setembro de 2008 e o filme teve estreia em 2010.

Além de ser um famoso ator de cinema, Paul Walker também participava de desfiles como modelo.
Em Março de 2013 Paul desfilou no "São Paulo Fashion Week", na cidade de São Paulo - Brasil, onde saiu em várias fotos ao lado de modelos e fãs.
Em seu maior papel de sucesso, continuou como "Brian O'Conner" em "Velozes e Furiosos 5" e "Velozes e Furiosos 6".


Se um dia a VELOCIDADE me matar, não chore, saiba que morri SORRINDO.
Paul Walker.

Quando Paul Walker morreu estava acontecendo as filmagens de "Velozes e Furiosos 7", sendo que a produção ficou paralisada por tempo indeterminado para readequação do roteiro devido à súbita perda de Paul, que era um dos atores principais da produção. 


Paul Walker morreu em 30 de novembro de 2013, aos 40 anos, em um acidente de carro no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, informou seu publicitário na conta oficial do ator no Twitter e no Facebook.
"Lamentamos confirmar que Paul morreu em um trágico acidente de carro durante um evento beneficente para sua organização "Reach Out Worldwide", disseram seus publicitários no Facebook.
"Ele era o passageiro no carro de um amigo, no qual ambos perderam a vida", acrescentaram.




Fonte: http://www.alemdaimaginacao.com/Obituario%20da%20Fama/Paul_Walker/paul_walker.html


Juan Imaz 30/11/2016 · #1

paradójico y triste final. Descanse en paz.

+1 +1