O Que São Títulos de Renda Fixa?

Renda fixa é uma classe de ativos onde as pessoas conhecem ou então podem prever a rentabilidade da aplicação.

Os produtos financeiros existentes dentro da renda fixa, são chamados de títulos de renda fixa.

Os títulos de renda fixa se destacam por possuírem algumas características específicas de remuneração.

As principais características que um título de renda fixa precisa apresentar são:

  • Quem é o emissor do título
  • Qual é o prazo do título
  • Qual o tipo de rendimento do título
O Que São Títulos de Renda Fixa?

A rentabilidade dos títulos de renda fixa sempre será uma das 3 abaixo:

  • Prefixados
  • Pós-fixados
  • Híbridos

Prefixados

Os títulos prefixados são aqueles que possuem o valor fixo da sua rentabilidade definida no momento da aplicação.

Por exemplo, o título X vai render 10% ao ano até o seu vencimento.

Dessa forma você pode saber exatamente o valor que será resgatado no final.

Pós-fixados

Os títulos pós-fixados são aqueles atrelados a um indexador.

Os indexadores são taxas de reajuste utilizados na economia.

Servem basicamente para 3 finalidades: acompanhar a atividade econômica, corrigir preços e evitar a volatilidade.

Portanto, o exemplo de um investimento de rentabilidade pós-fixada seria:

Híbridos

Os títulos híbridos, como o nome já diz, são uma mistura das duas classes anteriores.

Eles possuem uma parte fixa e outra parte atrelada a um indexador.

Normalmente o indexador utilizado é o IPCA (inflação).

Então o exemplo de um título híbrido seria:

O título Z possui rentabilidade de IPCA + 5% até o seu vencimento.

Ou seja, esse título Z vai render exatamente a variação da inflação mais uma taxa de 5%.

Digamos que a inflação esteja 4%, então a rentabilidade do mesmo será de 9%.

Seja qual for o tipo de rentabilidade do título, se escolhido da forma correta, qualquer um deles será mais rentável que a poupança.


Além disso, a renda fixa se divide em: renda fixa pública e renda fixa privada.

Na renda fixa pública é onde o investidor empresta dinheiro para o governo, enquanto que na renda fixa privada o investidor empresta dinheiro para entidades privadas, como bancos ou financeiras.

Portanto, qualquer investimento que se enquadre nessas regras será um título de renda fixa.