GLAUCIA CRISTINA COUTINHO BILAIA en Analista Business Intelligence, Administrativos, Gestores Analista de Pesquisa de Mercado • MOBIL CENTRO OESTE 13/11/2016 · 5 min de lectura · +800

Inteligência comercial em avaliação de resultados

Você sabe fazer administração por objetivos? O artigo demonstra como as teorias de Peter Drucker sobre a administração por objetivos trazem considerações importantes para a gestão de desempenho e sua utilidade em empresas de sucesso. Traz ainda exemplos de como ferramentas administrativas podem auxiliar no planejamento e ser utilizadas na gestão, como o Balanced Scorecard (BSC) na definição das principais perspectivas, objetivos e o método 5W3H. Para a elaboração do sistema de avaliação, foi levado em consideração princípios da teoria da APO, como: utilizar os objetivos macros da empresa como base para a definição dos objetivos departamentais. Pode se usar a ferramenta de avaliação de desempenho para controle de vendas, incentivo e reconhecimento da equipe.

Inteligência comercial em avaliação de resultados

A gestão de desempenho é mais um termo que se desenvolveu ao longo da história da administração e da gestão de pessoas e hoje pode se dizer essencial na busca dos objetivos das organizações.

Ao analisar a evolução do pensamento administrativo, percebe se que havia a existência de objetivos: produzir mais ou melhorar a eficiência das empresas e a busca por soluções desses problemas. Esses objetivos determinavam a maneira de administrar seus recursos humanos. As formas de lidar com as pessoas e de tratar da administração de recursos humanos acompanharam as eras da Administração Científica, Clássica, a escola das Relações Humanas e as novas abordagens da administração.

Atualmente como o foco da administração de empresas é a administração estratégica com foco em resultados e na busca de objetivos, a gestão de pessoas se alinhou à missão e visão das empresas. Houve ainda a descentralização das atividades do setor de administração de recursos humanos depois da percepção de que gestores departamentais também tinham a necessidade de gerir pessoas e saber lidar com seus colaboradores. Uma dessas atividades descentralizadas foi gestão de desempenho ou monitoração de pessoas, onde cada departamento com foco no seu objetivo departamental faz a gestão de pessoas, como: planejar atingir esse objetivo, definir metas e distribuir metas, incentivar seus colaboradores, avaliar o desempenho, acompanhar os resultados, coordenar e tomar decisões.

A importância da gestão do desempenho nas organizações é sua função de coordenar os objetivos, as metas e a atuação de cada departamento na busca dos objetivos. A importante avaliação de desempenho serve co