Guilherme França en Coaching Brasil, life coaching, Recursos Humanos Co Founder • GEM DiSC 19/10/2016 · 1 min de lectura · 1,1K

3 tipos de crenças limitantes

3 tipos de crenças limitantesFiz um post sobre crença limitante nesta semana e o retorno foi muito maior do que eu esperava. "O maior questionamento foi: como eu identifico uma crença limitante?"

Há 3 tipos de crenças limitantes:

1- Crença herdada
Já aconteceu de você ouvir dos seus pais ou de alguém bem próximo um pré-julgamento sobre pessoas ricas, do tipo, "quem é rico é desonesto" ou "ele é rico, mas dinheiro não traz felicidade"?

Será mesmo que todos os ricos são desonestos e infelizes?
Já imaginou o quanto este ranço o afastou do dinheiro?

2- Crença imposta
Vivemos em um tempo que é bem propício para este tipo de crença!

Sabe aquele seu amigo ávido por política que sabe de tudo sobre o assunto, defende teses e pensamentos nas redes sociais mas na hora de explicar o verdadeiro motivo de tanta veemência se perde e alega coisas do tipo: "cara, todo mundo sabe disso", "você não acompanha as notícias?" ou "um professor falou mais sobre esse assunto na faculdade, mas agora não vou lembrar de tudo".

Ou seja, não existe base pragmática alguma para defender tal ideia. O que vale é a ideia do outro.

3- Crença vivenciada
Essa é a mais delicada de todas pelo fato de estar em uma linha tênue entre o trauma.

Eu, Guilherme, penso 5 vezes antes de passar na frente de uma casa que não conheço e que tenha portões vazados.
Certa vez, ainda criança, um cachorro avanço sobre mim. A sorte é que a cabeça dele não passava inteira pelo portão e eu estava longe. Perceba que não houve agressão física, mas a tentativa, o medo e o susto foram suficientes para gerar uma crença.

Os 3 tipos são passíveis de recuperação, podendo até se tornar crença fortalecedora. A crença vivenciada no porte de trauma é mais complicada e provavelmente requer o acompanhamento de um profissional da área terapêutica.
#PropósitoMaior