Helder Diniz en Emprendedores y Empresarios, Empreendedorismo, Ingenieros Partner President • HDSGROUP 4/10/2016 · 2 min de lectura · +200

Dimensionamento de Sistema Fotovoltaico Interligado à Rede ou Sistema Grid Tie

Dimensionamento de Sistema Fotovoltaico Interligado à Rede  ou Sistema Grid Tie

www.hdsgrupo.com.br

Engenharia de Energia, Engenharia Elétrica e Obras.

Gerando Negócios.

e-mail: contato@hdsgrupo.com.br

Telefone: 037.3331.8481/037.99844.2669/037.98817.6266/037.98817.8481

Rua Doutor João Batista n° 15/101

Centro CEP: 35540.000 Oliveira/MG


Dimensionamento do Sistema Grid Tie (interligado à rede da concessionária de Energia – vale ressaltar que a norma 482 de 17.04.2012 foi substituída pela norma 687 de 25.11.2015. É importante saber esta norma 687 e suas consequências).

Neste objetivo vamos seguir os seguintes passos:

1° - verificar o índice de solarimetria do local da instalação do sistema interligado à rede:

Verifique os dados no site www.google.com.br/maps

Com o botão direito verifique “o que há aqui”. Em nosso caso teremos a Concessionária de Energia Energisa, Sistema residencial Trifásico, apresentando uma média dos últimos 12 meses de 193kwh.

Endereço Rua Doutor Werneck, CEP: 79060300.

Vila Albuquerque – Campo Grande / MS

Coordenadas. – 20.499688; - 54.601920

2° - De posse destas coordenadas vamos acessar o website do Cresesb – Centro de Referência para Energia Solar e Eólica Sérgio Brito.

www.cresesb.cepel.br/sundata/index.php#sundata

Copie e cole a latitude e longitude na maneira que aparece no website www.google.com.br/maps no Cresesb.

3° - Interpretação dos resultados primários

A primeira parte teremos o índice solarimétrico das localidades mais próximas, possíveis, do local procurado.

O índice solarímetrico significa a quantidade de watts que incidem em uma área de 1 m² durante um dia. Este resultado representa uma estimativa média anual do índice solarimétrico local.

Encontramos as médias:

A -. Campo Grande/MS – 4,93 kwh/m².dia,

B – Aquidauana/MS – 4,99 kWh/m². dia,

C – Ivinhema/MS – 5,06 kWh/m². dia.

Iremos assumir sempre os valores menores entre as 3 opções. A pior média será 4,93 kWh/m². dia correspondente a Campo Grande/MS.

Obs.1 - conforme o gráfico, que este índice serve como parâmetro em que os painéis forem instalados em plano inclinado igual a 0°.

4° - Interpretação dos resultados secundários

Continuando o estudo desta página, veremos depois o índice solarimétrico das 3 cidades conforme o plano de inclinação dos painéis.

Estamos trabalhando com a cidade de Campo Grande/MS.

Qual das opções a escolher?

Escolha o índice solarimétrico que apresenta a maior média anual. Será 5,13 kWh/mês.dia com um ângulo de 19°N (dezenove graus de inclinação, voltados para a face norte geográfico do planeta).

Obs.2 – o norte geográfico não é o norte geográfico da bússola!

Telhado em módulos lado a lado é necessário 9 m² para cada KWp de módulos.

Em instalações maiores em solo ou terraço com espaçamento entre mesas de módulos a área necessária pode aumentar para cerca de 15 m²/KWp.

Exemplo – Sistema fotovoltaico em telhado de 3KWp necessita de aproximadamente 27 m² enquanto um de 6 KWp necessita de 54 m².

Para projetos off-grid, devemos escolher a linha com número mínimo mensal, neste caso não trabalharíamos com a média anual, mas sim com o valor do pior mês desta linha, ou seja, seria atribuído como índice solarimétrico para dimensionamento do projeto o valor de 5,04 kWh/m²/dia.

5° - Calcular o consumo médio de um ano, conforme conta da Concessionária Energisa, para o consumo médio de um dia. Para tanto vamos dividir a grandeza por 30.

193 KWh/mês dividido por 30 = 6,43 kWh/dia.

Se em um dia teremos um consumo de 6,43 kWh/dia, quantas placas serão necessárias para gerar esta potência, em um local de índice solarimétrico igual a 5,13 kWh/m².dia.

Potência de placas necessárias: 6,43KWh/dia/5,13 kWh/m².dia = 1,2534kW

Considerando a eficiência de 70% = 1,2534kW/0,70 = 1,790kW

6° - Para o cálculo da quantidade de placas levamos em conta a potência de cada módulo igual a 0,25Kw (250Wp):.

2kwp /0,25Kw= 8 Painéis de 250W

7° - Área requerida do sistema de 2kWp será de 18m².

8° - Recálculo deste sistema:

A – potência gerada diariamente: 1,79kw x 5,13 kwh/m².dia = 9182,7 wh/dia

B – eficiência de 70%: 0,7x9182,7=6427,89 wh/dia

C – em 30 dias teremos 6427,89 x 30 = 192836,7 wh/mês ou 194 wh/mês

Para este caso definimos considerar a geração de aproximadamente 238,55kWh/mês.

Sugerimos, então, a seguinte configuração preliminar para a central:

a - Potência dos inversores – 2,5kW

b -  Potência dos módulos fotovoltáicos – 2,0kWp

c -  Número de módulos fotovoltáicos – 8pçs

d -  Área necessária total aproximada – 18m²

e -  Energia mensal produzida aproximada em Campo Grande – Ms (irradiação solar média de 5,13kWh/m²/dia): 238,55kWh/mês

f -  Investimento estimado – R$ 20.000,00

Levando-se em conta um custo de aproximadamente R$ 0,47/kWh deixaria de pagar à concessionária R$ 112,12/mês (238,55kWh/mês X R$ 0,47).Retorno do investimento em aproximadamente 14 anos.