HELLEN MANSO in Mães, Filhos Aug 16, 2020 · 2 min read · ~10

7 dicas de como ser uma boa mãe! A última é sensacional!

A boa mãe

Eu já me perguntei o que fazem as boas mães. Podemos imaginar que ela é paciente, disponível e assa pães de queijo toda semana.

Ou ainda alguém que nunca perde a calma ou fica nervosa com seu filho diante de birras e bagunças.

Entretanto, é difícil cumprir quaisquer padrão. O padrão ideal então, impossível, eu diria. Mas e o padrão de Jesus? Como ELE quer que nós, mães cristãs sejamos?

Elevamos o papel da maternidade, no entanto fomos aos extremo oposto de equiparar a maternidade à santidade.

Somos mães. Mas ainda somos humanos, imperfeitos, pecadores e salvos, tentando fazer o possível para criar filhos para Cristo.

Ainda bem que que não há como ser uma mãe perfeita (boa notícia), mas há muitas maneiras de ser realmente boa. 

Confira agora as sete dicas de como ser uma boa mãe cristã faz. 😉

7 dicas de como ser uma boa mãe! A última é sensacional!

#1 Investe no crescimento espiritual de seu filho

Esta é uma das tarefas mais importantes e gratificantes como mãe cristã. É inestimável ajudar nossos filhos a crescer na fé.

Todavia, isso é muito mais que levá-los à igreja no domingo. Nós como mães desempenhamos uma função vital no discipulado de nossos filhos.

Nós estamos em uma posição única para caminhar ao lado deles diariamente em um relacionamento íntimo, amoroso e sincero.

Ler a Bíblia de forma consistente e ensiná-los a aplicar versículos em suas vidas cotidianas é fundamental.

Devemos ajudá-los a estabelecer a disciplina espiritual da oração e do estudo da Bíblia por si mesmos.

#2 Permanecer Conectado

Conectados com nossos filhos. Estarmos cientes do que ele assiste na TV, por exemplo. Temos o poder de influenciar e guiar, sendo assim não podemos permitir que o mundo faça o que devemos fazer.

#3 Enxerga as próprias falhas como oportunidade

Humildade em assumir os próprios erros. A verdade é que nossos erros ainda podem ensinar nossos filhos, porque revelam nossa dependência, necessidade do Salvador, sobre o qual estamos ensinando.

E durante este processo, aprenderão que "Sua graça é suficiente". Deus ainda pode ser glorificado, porque quando admitimos que não temos o que é necessário para a escola em casa, ou criamos filhos obedientes ou administramos um lar, Deus aparece poderosamente e podemos dar todo o crédito a ELE!

#4 Estende a mão para outras pessoas para obter ajuda

Reconhecer que precisamos de ajuda, significa ser uma boa mãe. Não tem jeito. A quantidade de tarefas diárias é imensa. A rede de apoio é sempre bem vinda.

Não há como ser uma boa mãe sozinha, sem a famosa rede de apoio!

E aproveitando, Deus nos criou para estar em comunhão com a finalidade de suportar os encargos uns dos outros, seja espiritual ou literal.

É necessário essa ajuda para que você de fato recarregue. Só assim ficará mais feliz, focada.

#5 Alimenta-se da Palavra

Precisamos ser recarregados diariamente pelo Espírito Santo antes de entrar em nossos filhos. Não importa o horário. Isso é com você!

Uma boa mãe Cristã reconhece que é dependente de Deus por todas as coisas que a maternidade exige dela.

Ela sabe que o hábito de estar na Palavra de Deus diariamente lhe trará uma mente renovada, assim como um combustível para sobreviver às demandas com os filhos.

#6 Usa o comportamento dos filhos para apontá-los para Jesus

Uma de nossas maiores responsabilidades é retirar as ervas daninhas do mau comportamento e parece uma tarefa sem fim. 

Assim que você poda algumas, outras crescem no mesmo local. Pode tornar-se desanimador e, às vezes, acabamos nos sentindo como falhas .

#7 Ore por e com seus filhos

Finalmente, a melhor dica de como ser uma boa boa mãe cristã, é a oração! Esta é uma das melhores ferramentas para os pais à sua disposição. 

Tiago 1: 5 diz: “Se você precisar de sabedoria, peça a nosso Deus generoso, e Ele a dará. Ele não o repreenderá por perguntar.

A oração traz o poder e a bênção de Deus para a vida de nossos filhos e pode levá-los ao arrependimento genuíno e piedoso.