O desafio do posicionamento artístico: Seu Jorge, 2012

O desafio do posicionamento artístico: Seu Jorge, 2012Pra encerrar essa série de textos em que comento a importância do posicionamento artístico pra um músico, quero falar hoje sobre um episódio ocorrido aqui no Rio de Janeiro há quatro anos: as vaias que Seu Jorge recebeu de alguns de seus próprios fãs durante um show na Fundição Progresso ao recitar versos de “Negro Drama”, dos Racionais MC’s.

A história foi bem notória e gerou muita polêmica nas redes sociais, a maior parte com comentários de condenação ao comportamento do público. O próprio Seu Jorge deu uma entrevista muito interessante pouco depois, dizendo: “na Lapa, só toco de novo em 2022”, quando então esse público vai ter sido (teoricamente) “renovado”.

Mas que público é esse que se incomoda tanto com alguns versos dos Racionais MC’s? Bom, quem conhece minimamente o grupo de rap paulistano sabe que o seu trabalho é voltado pra colocar o dedo na ferida da sociedade – atitude essa que não raro causa um belo desconforto na classe média. Os versos então recitados por Seu Jorge dizem tudo: “O drama da cadeia e favela/Túmulo, sangue,/Sirenes, choros e velas”.

E enquanto a proposta dos Racionais é escancaradamente de cont