Luciano Carmo en Prmovendo Segurança, Técnicos em Segurança do Trabalho, Construção Técnico em Segurança do Trabalho 17/11/2016 · 2 min de lectura · 2,7K

Avaliação qualitativa e quantitativa

Avaliação qualitativa: Avaliação feita pela constatação da presença, ou não de agentes insalubres.
Avaliação quantitativa: Avaliação feita através equipamento de medição.

                                  Avaliação qualitativa e quantitativa

1 - Agente de avaliação quantitativa do nível de intensidade e tempo de exposição. 
Agente insalubre de grau médio. 

Ex: Ruído.

2 - Calor = Situação de desconforto em função de elevada temperatura gerada por uma fonte interna de calor, tais como caldeiras, fornos e etc. 

Consequências: desidratação; choque térmico; hipertensão; irritação; pertubação gástrica; prostação igual a debilidade física ou moleza.

Agente de avaliação quantitativa com parâmetros de intensidade e tempo de exposição. 

Anexo 3 da NR-15, agente insalubre de grau médio.

3 - Radiações ionizantes = Formas de energia que se propagam pelo espaço como ondas eletromagnéticas ionizando o meio.
Ex: Raio X, Raio Alfa, Raio Gama e Raio Beta.

Consequências: Alterações celulares, catarata, anemia, alterações genéticas e câncer.

Anexo 5 da NR-15, agente de grau médio.

4 - Pressões anormais = Atividades sob condições hiperbálicas? São atividades realizadas em locais acima da pressão atmosférica, observadas nas atividades submarinas e sob ar comprimido (Tubulões e minas pressurizadas.)

Consequências: Ruptura do timpano, ruptura dos pulmões, paralesia e óbito.

A avaliação é qualitativa agente insalubre em grau máximo, anexo 6 da NR-15.

5 - Radiações não ioniantes = Forma de energia que se propaga no espaço, como ondas eletromagnéticas  não ionizado o meio e provocando calor na região por ela atingida.
Ex: RUV, laser, microondas e luz infravermelha.

Consequências: Queimaduras, catarata, lesões nos olhos, câncer, lesões na pele etc.

Avaliação qualitativa, ou seja, considerada insalubre pela natureza. Agente insalubre de grau médio, anexo 7 da NR-15.

6 - Vibração = Movimento osciliatório de um corpo, devido a força de movimento rotativos e aleatórios.

Consequências: Visão turva, cansaço, cefaleia, dores nos membros, dores na coluna, artrite e lesões ósseas.

Agente insalubre de grau médio de avaliação quantitativa, anexo 8 da NR-15.

7 - Frio = Atividades em câmaras frigoríficas, frias ou situações similares.

Consequências: Doenças respiratórias, hipotermia, doenças da pele, queimaduras, enrijecimento dos membros.

Agente insalubre de grau médio, avaliação qualitativa anexo 9 da NR-15.

8 - Umidade = Atividade ou operações executadas em locais alagados ou encharcados, com umidade excessiva.

Consequências: Dermatoses, resfriados, gripes e pneumonias.

Agente de grau médio de avaliação qualitativa, anexo 10 da NR-15.

9 - Agentes químicos = Consedera-se agentes de riscos químicos as substâncias, compostos ou produtos que possam penetrar no organismo humano provocando danos a sua saúde. As vias de penetração no corpo humano podem ser respiratórias e cutâneas.
Na penetração respiratória os agentes químicos podem ser: 


  • Aerodispesóide
  • vapores
  • gases

A - Aerodispesóides: podem ser sólidos, líquidos, poeiras, fumos, nevoas ou neblina.

Ex: Poeiras respiratórias asbesto ou amianto.

Fumos: Partículas sólidas produzidas por condensação ou oxidação de vapores que são sólidos a temperatura normal, a partir da sublimação ou valorização de um metal. Fe Ferro, Pb Chumbo, Sn Estano, Cu Cobre etc.

Solda elétrica, fundições serviços de esmerilhamento em geral.

B - Neblinas: Partículas líquidas produzidas por ruptura mecânica de líquidos.

Ex: Pintura com pistolas.

Nevoas: Particulas líquidas produzidas por condensação de vapores de substâncias que são líquidos a temperatura normal de decapação.

Ex: Limpeza, química dos metais por banho de ácido ou solda caustica para posterior de galvanização igual a tratamento de recobrimento de metais.

Além dos aerodispesóides temos ainda gases ( Substâncias que nõ tem forma e volume e também a se expandir infinitamente ) e líquidos. 

Anexo 11 da NR-15 trata sobre agentes químicos de avaliação quantitativa. O grau de insalubridade poderá ser mínimo, médio ou máximo, dependendo do agente.

Anexo 12 trata sobre poeiras e minerais, insalubridade em grau máximo quantitativo.

Anexo 13 da NR-15 trata sobre agentes químicos de avaliação qualitativa. Insalubridade pode ser mínimo, médio ou máximo.

C - Riscos biológicos: Ocorrem por meio de microorganismo que em, contato com o homen, danos a saúde.

Ex: Vírus, bactérias, fungos, protozoários, vermes, germes, parasitas, ameba etc.

Avaliação qualitativa, anexo 14 da NR-15 grau médio ou máximo.

D - Riscos ergonômicos: Falta de adaptação do meio ao trabalhador, alguns agentes anti-ergonômicos.

  • Postura incorreta
  • móveis inadequados
  • ferramentas inadequadas
  • exigência de produtividade
  • horário noturno
  • horas extras
  • lay out inadequado
  • arranjo físico
  • organizacional do trabalho
  • movimentos repetitivos

E - Riscos mecânicos ou riscos de acidentes: São agentes que tem potencial de provocar lesões nos trabalhadores.

                                                                       Fonte geradora

  • Equipamento sem proteção
  • // // // // // // sem manutenção
  • distração 
  • treinamento ineficiente
  • gosto pelo desafio
- Não utilização do epi
- Imperícia, imprudência ou negligência etc.

Consequências: Motilacão, óbito, amputação, deficiência física, paralisia, queimadura, fratura etc.






Obrigado pela leitura, espero ter colaborado nesse sentido.