Luciano Carmo en Engenheiros e Técnicos, Técnicos em Segurança do Trabalho, Engenheiros Civis Técnico em Segurança do Trabalho 10/10/2016 · 1 min de lectura · 1,4K

NR 3 - Embargo ou Interdição

NR 3 - Embargo ou Interdição

3.1 Embargo e interdição são medidas de urgência, adotadas apartir da constatação de situação de trabalho que caracterize risco grave e iminente ao trabalhador.

NR 3 - Embargo ou Interdição

3.1.1 Considera-se grave e iminente risco toda condição ou situação de trabalho que possa causar acidente ou doença relacionada ao trabalho com lesão grave a integridade física do trabalhador.NR 3 - Embargo ou Interdição



3.2 A interdição implica a paralisação total ou parcial do estabelecimento, setor de serviço, máquina ou equipamento.

Obs: Pode ser interditado uma máquina que está oferecendo risco ao trabalhador ou o setor do qual o mesmo está trabalhando.


3.3 O embargo implica a paralisação total ou parcial da obra.

Obs: O embargo oferece uma força maior que a interdição porque pode ser embargada metade da obra ou embargar a obra por completo.


NR 3 - Embargo ou Interdição

3.3.1 Considera-se obra todo e qualquer serviço de engenharia de construção, montagem, instalação, manutenção ou reforma.


3.4 Durante a virgência da interdição ou embargo, podem ser desenvolvidas atividades necessárias á correção da situação de grave e iminente risco, desde que adotadas medidas de proteção adequada dos trabalhadores envolvidos.


NR 3 - Embargo ou Interdição


3.5 Durante a paralisação decorrente da imposição de interdição ou embargo, os empregados devem receber os salários como se estivessem em efetivo exercicio.

OBS: Os trabalhadores independente da interdição ou embargo da obra tem o direito de receber o salário.


NR 3 - Embargo ou Interdição

Fonte: Norma regulamentadora.

Edição: Luciano Carmo