Iandra Passos en Arrasta São Paulo, beBee em Português, Trabajo social Auxiliar administrativo 10/11/2016 · 1 min de lectura · 2,3K

Se fosse você?

Se fosse você é não eles?

Se fosse você?

Caminhando pela cidade de são paulo  me deparei com nossa realidade,e "que realidade"cenas que eu considero ser linda, maravilhosa,atititudes de pessoas que se doam.Um trabalho que muitas pessoas fazem de levar alimentação para moradores de rua, como é lindo,olhar naqueles olhos e ver a gratidão, porque para os moradores de rua aquele momento é a sua única necessidade,saciar sua fome e matar sua sede.  O que eles precisam vai muito mais além disso. Ali não é levado só alimentos para matar a fome da carne ali também é levado Deus a solução para todos os problemas é levado a palavra á eles,cada depoimento que é lamentável. Já tive a oportunidade de fazer um trabalho desse e voltei de lá mais humana,mais humilde,dando valor a vida e deixando de lado o valor material,dando mais valor a família,dando mais amor a eles.

Por que na vida dessas pessoas falta Se fosse você?amor,carinho, abraço falta esperança, de mudança de melhora de vida pois muitos não acreditam mais nisso,acham que ali é o fim que acabou que não tem mais jeito, então chegamos e apresentamos para eles um Deus que pode e que tem o poder de mudar suas vidas suas histórias. Eles mesmo sem ter pra eles o alimento o que ganham ainda divide com seus cachorros e gatos. Isso é gratidão.!Se fosse você? É lindo a preocupação deles com o seu melhor amigo,gostaria muito de ter condições não apenas financeira, para mudar a situação dessas pessoas. 


E uma frase que nunca vou esquecer . Foi um lindo pedido Não esqueçe da gente volte mais vezes é bom ver vcs aqui. Muitas jovens grávidas que penso o que será dessa criança? Que futuro lhe espera? Se podemos dizer assim que Futuro? Que futuro ?Se seu presente já é falido e sofredor. O que é o ser humano??? Nada!apenas  um simples pedaço de carne podre onde muitos infelizmente se acha superior aos outros,por ter dinheiro,casa,roupas,poder,....!Comida etc... ha ser eles pudessem se ver por dentro,entenderiam que não são nada,que não podem nada. a não ser reconhecer que no final somos todos iguais. 

 Infelizmente muitos só vêem isso quando se deparam em cima de uma cama com uma doença onde seu dinheiro,seu poder,sua casa,sua classe social não trás de volta à saúde e qual é o fim? A morte , essa vem para todos independente de classe social ou poder.  Enfim graças a Deus ainda tem pessoas de bom coração que se preocupa com o seu próximo👏👏👏👏👏. Semear na vida de alguém , é mesmo que duplicar sua própria semeadura. 

Dica

Vamos amar mais, cuidar mais,se preocupar mais com o próximo.Ama lo como a nós mesmo.

Obrigada Deus pois cada vez que me vejo em frente à tudo isso, olho para o céu e digo: Deus me faz cada dia ser mais amável humana humilde e me faz  cada dia me preocupar com meu próximo.

Reflita você ,teve a coerência de fazer boas escolhas, eles não. Isso não os tornam incapazes,ou podres. Faça sua parte . Ame quem não teve a capacidade de se amar.

Autoria Iandra Milene Passos



Thiago Smicelato 11/11/2016 · #5

Tudo o que fazemos de bom, servirá para atrair coisas boas no nosso futuro

0
Luizia Patrício 11/11/2016 · #4

#3 exatamente não devemos desistir deles jamais. Ali tem muitos grandes exemplos de vida,,asta para para ouvi los. ##apoiooatodeamar

0
Bruno Pinto 11/11/2016 · #3

Nossa lindo e comovente artigo, cada pessoa ali é uma vida e com histórias diferentes e tristes, ainda bem que existem pessoas que lhes leva um pouco de esperança , o voluntariado é algo que faz bem a quem ajuda principalmente, por se sentir útil e estar fazendo o bem, que continuem o fazendo. Parabéns!!!!! :D

+1 +1
Luizia Patrício 10/11/2016 · #2

Realmente @Iandra Passos, uma situação lamentável, e de grande reflexão para nós! onde não houve uma escolha digna de viver. Ainda á amor,capacidade,vontade ,sonho,ainda á uma esperança bem lá no oculto ,esta esperança é esmagada por suas proprias escolhas, culpa, falta de perdão próprio, como costumo dizer eles precisam ser reencontrar, precisam ser reeducados, tratamentos onde eles possam se reabilitar na sociedade. E para isso o recurso financeiro e muito grande. Quando este alimento acaba ,simplismente acaba. Os abrigos não dispõe de vagas para todos,, quando dispõe muitos não ficam por ter regras, horários a cumprir. E eles ja estão tão acostumados com a "liberdade " que encontram dificuldades para ter um raciocínio que o melhor é se reeducar. Deus pode florescer no interior deles e assim , ajudá-los a ver a capacidade que cada um tem de superar a si mesmo. Um dia espero que não vejamos maos pessoas doentes ,a ponto de se entregarem a morte psicólogica , mental, emocional, profissional, familiar por fim física.
Que estejamos dispostos a fazer algo para ajudá los a se ajudarem!

+2 +2
Carlos Souza Ribeiro 10/11/2016 · #1

É verdade @Iandra Passos todo trabalho voluntário e de ajuda ao seu próximo é muito gratificante. Mas como você mesmo escreveu no seu artigo, temos que não só levar alimentos á estas pessoas e, sim procurar saber, de como é possível, tirá-las desta situação . Da aquilo que aprendemos nos velhos ditados " Não só da o peixe e , sim ensiná-los a pescar". O que mais agrada a Deus, é você salvar o seu próximo !

+3 +3