José Renato Alverca en Diretores e Executivos, Recursos Humanos, Negócios e Empresas General Manager 5/3/2018 · 1 min de lectura · 2,0K

O EMPREGO

O velho estilo de trabalhar e crescer profissionalmente dentro das organizações e depois se aposentar já está sendo uma página virada no livro da história do emprego. Está ocorrendo uma mudança radical no conceito de emprego, e os empregados convencionais estão desaparecendo do mapa. O surto de desemprego está aí para confirmar. As transformações estão ocorrendo com intensidade e exigindo novas e diferentes formas de emprego, como o emprego temporário, o trabalho em tempo parcial, o trabalho em horários flexíveis, o trabalho remoto (em escritórios virtuais ou no chamado home office) para os que ainda mantêm o emprego. Os contratos de trabalho de curtíssimo prazo, a subcontratação, a terceirização, a parceria e outras formas de relacionamento no trabalho já vêm ocorrendo com muita frequência. Mesmo nos empregos que ainda restam está havendo uma espécie de Just in Time.

A evolução da tecnologia da informação está por de trás de tudo isso. A consequência de toda essa transformação foi o surgimento da chamada organização virtual. O desemprego no Brasil está sendo provocado menos pelo avanço tecnológico e muito mais pelo atraso educacional. O futuro do emprego no Brasil está ligado diretamente a melhoria da educação geral, pela formação profissional básica e pela flexibilização da legislação trabalhista. A tecnologia só vai ajudar, ela não atrapalha em nada, a não ser quem não mudar de paradigma. Esse é o Futuro!

O EMPREGO