Você tem ideia de como utilizar a energia solar dentro de uma construção?

A utilização da energia solar na construção civil vem crescendo bastante no Brasil, isso porque a cada dia mais, essa fonte se destaca como opção limpa e renovável. Acredita-se que em 2030, um décimo da energia elétrica consumida no Brasil será fotovoltaica.

A construção civil passou a ser uma grande consumidora dessa energia devido ao alto uso de energias poluentes, representando cerca de 50% de todo o uso energético nacional. Em um canteiro de obras até o resultado final, é gasto muita energia. Levando em consideração esse problema, grandes pesquisadores passaram a investir no setor de energia solar.

É importante saber que o uso da energia solar é tão eficiente quanto qualquer outra energia, ela é durável e transmite energia de forma produtiva. Segundo Josué Eraldo da Silva, da construtora Jacitara, o país encontra-se com grandes problemas financeiros devido às altas taxas sobre o uso de energia elétrica, e dessa forma, é preciso investir em um sistema que traz retornos.

Geradores convencionais de energia gastam muito mais e ainda impactam negativamente o meio ambiente. É preciso levar em conta que existe vários processos em uma obra que necessita de energia, desde a operação, da manutenção até a infraestrutura de transmissão.

O uso de um gerador fotovoltaico integrado à edificação pode ser altamente produtivo, isso porque a energia solar é limpa e de acordo com Josué Eraldo da Silva, conta com geração de energia distribuída junto ao ponto de consumo. É excelente para não se preocupar com as longas linhas de transmissão necessárias quando a geração se dá longe do ponto de consumo.

Um sistema de energia solar fotovoltaico funciona da transformação do aquecimento solar em energia útil, além de obter armazenamento para manter a captura da incidência solar.

Confira seu funcionamento:

Primeiro é instalado as placas fotovoltaicas nos telhados, e então, os painéis transferem a luz do sol em energia solar para os aparelhos que distribuem luz para a residência.

O Brasil é um dos maiores potenciais de geração de energia fotovoltaica do mundo, próximo a 28 mil gigawatts. Na prática, isso significa mais de 200 vezes toda a potência da rede elétrica atual. Os dados informados nesse texto são da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Por ser um país tropical, o Brasil sai na frente de muitos outros países. A alta a incidência de sol em todo o território brasileiro (4,25 kWh/m² a 6,30 kWh/m²), mesmo em grandes centros, sendo essencial para o desenvolvimento dessa tecnologia, contribuindo com muitos outros investimentos. No entanto, essa prática ainda depende de muitas negociações e regularização jurídica junto às concessionárias fornecedoras de energia elétrica, para Josué Eraldo da Silva, a energia solar já está disponível no mercado, conquanto, é ressaltado sobre a importância e eficiência desse sistema em uma obra.Você tem ideia de como utilizar a energia solar dentro de uma construção?