Afinal, o que é self service BI?

Afinal, o que é self service BI?

O que é Business Intelligence?

Antes que você se sinta perdido, é melhor iniciarmos o post explicando o conceito de BI. Em um mercado cada vez mais competitivo no qual as empresas disputam cada cliente como se ele fosse uma barra de ouro. Quanto mais informações e dados forem obtidos pela organização, melhores serão suas chances nos negócios.

Antigamente, as empresas trabalhavam com o conceito “tentativa e erro”. Os produtos e serviços eram lançados no mercado e aproveitados por quem se interessasse. Atualmente, não há mais espaço para tamanha incerteza. Para ter assertividade nas ofertas, é preciso saber com quem se está lidando. E esse é o objetivo do BI.

Por meio de softwares e aplicativos de última geração, as áreas de Tecnologia da Informação das organizações colocam a disposição dos gestores todos os dados necessários para uma correta e ágil tomada de decisões. Quanto mais informações forem reunidas, melhores serão as chances de se chegar ao cliente com um produto ou serviço moldado de acordo com as necessidades dele.

Então, o que é o self service BI?

Imagine que você esteja pronto para realizar um negócio, mas precise de informações para saber como direcionar a sua equipe. No atual modelo de BI, você precisa entrar em contato com a Tecnologia da Informação e informar os parâmetros para a análise. Somente depois que os dados forem filtrados é que eles chegarão até você.

Mesmo que seja muito rápido, é impossível pensar que esse processo não demorará mais do que um dia. E, no atual mercado, um dia pode valer como uma semana.

O self service BI consiste no desenvolvimento de sistemas que permitam que a própria área de negócios trabalhe as informações de que precisa, sem a necessidade de um contato direto com a TI. Assim, é possível formular uma estratégia e fechar negócios com muito mais velocidade e assertividade.

Ao contrário do que possa parecer, para a Tecnologia da Informação o self service também é um bom negócio. Afinal de contas, a parte mais estratégica da atuação dessa área é no desenvolvimento de sistemas para a organização e não na simples leitura de dados para fornecê-los para a área. Isso pode ser feito diretamente por quem precisa. Assim, os profissionais de TI estão livres para trabalharem em projetos que ajudem a empresa a cumprir seus objetivos estratégicos.

Inscreva-se na newsletter e fique por dentro das novidades:  http://materiais.farolbi.com.br/newsletter-lp