CAMINHONEIROS DIGITAIS E GOVERNO ANALÓGICO

CAMINHONEIROS DIGITAIS E GOVERNO ANALÓGICO

Caminhoneiros Digitais: Míriam Leitão fala exatamente o que eu tenho dito nas minhas palestras: o mundo mudou! Os caminhoneiros se comunicam e negociam no mundo digital e o Governo está negociando de forma analógica.

Os caminhoneiros digitais negociam com um governo analógico. Esta matéria foi exibida no dia 29 de maio de 2018, no Bom Dia Brasil, comandado pela jornalista Ana Paula Araújo, (Rede Globo), e está disponível na Globo Play. . Na ocasião, a respeitadíssima jornalista e comentarista de economia e política, Míriam Leitão, mencionou as mudanças do mundo moderno, onde as pessoas estão se organizando através das redes sociais. No caso da greve do caminhoneiros, Míriam Leitão menciona que a categoria esteve negociando no mundo digital e que o Governo Federal, ainda negocia de forma analógica. Reforçando ainda que é assim em vários governos pelo mundo afora.

Os caminhoneiros negociavam entre seus grupos de WhatsApp, de uma forma reservada e sob diversas lideranças diferentes. Não bastou alguns líderes estarem presentes em negociações no Palácio do Planalto para que a greve dos caminhoneiros terminasse. Era mais do que isso. O Governo de São Paulo, por exemplo, conseguiu contato digital com os caminhoneiros, criando alguns grupos de negociações e acabou negociando pelo Governo Federal com essas lideranças. O fato é que o setor público, particularmente os governos, não está preparado para esse tipo de negociação. O mundo realmente mudou. E é através das redes fechadas em grupo do WhatsApp, por exemplo, que as categorias começam a ter voz e poder de decisão.

É exatamente o tema que tenho mencionado em nossas palestras. A evolução das mídias sociais faz com que as pessoas tenham voz e poder de decisão. A greve dos caminhoneiros mostrou que as negociações efetuadas no Palácio do Planalto não foram imediatamente acatadas pelos caminhoneiros digitais, exatamente porque existiam várias outras lideranças pulverizadas em grupos do WhatsApp, como eu disse em meu vídeo mais recente sobre a greve dos caminhoneiros neste link  ou aqui no site Netiqueta.

Vídeo original e na íntegra na GloboPlay (siga o link)

Visite também meu Canal do YouTube aqui