Leticia Viner en Chefes de Obra, Construção, Negócios e Empresas Gerenciamento de projetos e desenvolvimento de produto 10/10/2016 · 1 min de lectura · +700

DICAS E VANTAGENS NA HORA DE CONTRATAR UM ARQUITETO

Na hora de contratar um profissional para a reforma ou construção, a dúvida principal é sempre esta: contratar um arquiteto ou um engenheiro? Definitivamente um arquiteto está disponível para conduzir todas as etapas, desde a concepção, passando pela avaliação do custo dos materiais, etapas dos serviços, prazo de entrega de material em relação a disponibilidade do cliente, e o principal: o arquiteto deve ser o administrador de possíveis conflitos, a fim de minimizar e solucionar os problemas.

No Brasil, as primeiras instituições destinadas à formação de Arquitetos, surgiram na década de 1940 que, até então, estava entregue às Escolas de Belas Artes e às Escolas de Engenharia que, como a Escola Politécnica de São Paulo, a partir de 1899, que formava Engenheiros Arquitetos.

A partir do século 20, através do Movimento Moderno, com o progresso e a industrialização dos sistemas construtivos, as construções passaram a serem executadas com os três principais materiais: o ferro, o aço e o concreto armado. Estes materiais permitiram uma revolução nos hábitos e modos de vida de toda a humanidade.

A indústria da construção, passou a substituir a construção artística. Os engenheiros passaram a ser especialistas nas estruturas e sistemas envolvidos nas edificações e os arquitetos passaram a ser especialistas na habitabilidade, funcionalidade e estética das edificações, e como consequência, responsável pelo projeto, supervisão e execução de obras de arquitetura.

Ambos possuem conhecimentos técnicos construtivos, porém o arquiteto é o responsável pela concepção inicial e avaliação de todas as necessidades a serem sanadas, prevendo como no futuro as edificações serão ocupadas e utilizadas de forma eficaz e proveitosa pelos usuários.

Além de evitar também despesas fora do q