Leticia Viner en Arquitetos e Técnicos, Construtores, Engenharia Civil Gerenciamento de projetos e desenvolvimento de produto 10/10/2016 · 1 min de lectura · +400

DICAS PARA UMA ARQUITETURA DE QUALIDADE: PROJETO E PRESTAÇAO DE SERVIÇO

O projeto de arquitetura deve sempre ter qualidade correto? Não exatamente. O projeto deve DICAS PARA UMA ARQUITETURA DE QUALIDADE: PROJETO E PRESTAÇAO DE SERVIÇOter qualidade, isso é certo e o mercado exige isso para que o profissional mantenha-se ativo, mas o mais importante, além de um projeto de qualidade, é o profissional oferecer um SERVIÇO DE QUALIDADE. A resposta então para a questão anterior é: um projeto de arquitetura e o serviço oferecido pelo profissional devem ter qualidade, para que a prestação de serviço seja eficiente.

O arquiteto deve ter em mente, que o produto que ele oferece será visualizado e analisado por diversos profissionais, desde o cliente, até o orçamentista, fornecedores de material e serviços, pelo engenheiro ou empreiteiro, pelo pedreiro, eletricista, e diversos outros. Portanto, a elaboração deve ser feita em conjunto com os profissionais envolvidos, desde a sua concepção respeitando: a avaliação de mercado, a estratégia de marketing, o construtor e seu modo de trabalho, projetistas eletricista, calculista, sistemas, paisagista etc.

O arquiteto não deve delegar aos outros profissionais as soluções que são determinadas para ele, o projeto existe para ser uma realidade, para quando estiver sendo utilizado e analisado, deve ter todas as informações e soluções pensadas durante o processo de criação. Um projeto deve ser exequível, o projeto deve ser a transcrição de todo o raciocínio que foi desenvolvido durante o processo.

A concepção do belo, depende muito do ponto de vista. O belo para um pode ser horrível para o outro, são diversos os estilos que hoje em dia podemos ter acesso. Portanto, é necessário que o projeto seja um reflexo da solução que o cliente necessita naquele momento. O projeto deve ter VÁRIAS CAMADAS:

· Estética, para oferecer equilíbrio visual e agradável;

· Funcional do ponto de vista do usuário, para ter um correto uso social;

· Técnica, contendo as soluções de todas as disciplinas envolvidas;

· Prestação de serviço, o profissional deve estar disposto a fazer alterações, concessões, substituições, durante todo o processo.

A adaptação do projeto deve ser contínua, não existe projeto ou edificação estática, soluções são necessárias e devem ser atendidas a medida que a construção evolui. Estamos sempre projetando para o futuro e temos que saber as consequências dele no futuro.

O projeto não é somente a representação do futuro, é a crítica do passado, realizado no presente para oferecer algo novo para o futuro.

Projetos de Arquitetura e Interiores - www.leviner.com.br