Lucila Egydio en Sustentabilidade, Turismo Rural, Hotelaria, Gastronomia e Turismo Consultora Autônoma • Raízes Desenvolvimento Sustentável 8/6/2016 · 1 min de lectura · +800

I. Em casa...

Estar em outro país com raízes comuns tem sido uma experiência inigualável de compreensão de um processo histórico e de reconhecimento de trajetórias, muito além do simples deleite de conhece cultura e paisagens diferentes. Conhecer Ilha de Santo Antão e seus filhos tem me trazido esse exercício de ser estrangeira e ao mesmo tempo fazer parte desse universo.

Nossa ancestralidade afro-lusitana traz de imediato uma sensação e reconhecimento e de familiaridade que se evidencia no porte, no jeito, no trato, nas feições, na mescla de cores e tons de pele. Sou a todo instante considerada cabo-verdiana e é evidente o quanto realmente me pareço uma.

Desde a chegada há a sensação de estar em casa, em um solo que tem pouco de diferente de minha origem. E caminhar pelas entranhas dessa ilha e conviver com o dia a dia de seu povo reforça essa proximidade, independente das diferenças. Aqui a influência lusitana na formalidade do trato é mais forte, além do sotaque no falar, mesmo que seja a língua criola. Por incrível que pareça é facilmente compreensível, embora haja vários criolos, conforme a ilha desse arquipelágico país.

Foi facilmente é possível ouvir uma conversa e decifrar o contexto, quando não compreender quase completamente o que estão a dizer. É uma língua mais ríspida, sem suavidade, e as pessoas falam alto. Mas é sonora e alegre, embora por vezes ouçamos conversas que parecem briga, mas são apenas um diálogo banal.

Na cadência da língua me diferencio e me aproximo dessa gente e desse lugar...

I.	Em casa...


Há porto e muito bonito mesmo mas também tem as praias do cabo de santo Agostinho que são belíssima vc mas gosta

0
Lucila Egydio 8/6/2016 · #2

#1 É um país encantador!!! O projeto incluiu somente a ilha de Santo Antão, mas foi uma rica experiência. Aos poucos vou contanto por aqui!

+1 +1
Breno Barreto 8/6/2016 · #1

Belíssima contribuição, @Lucila Egydio! Tenho muita vontade de conhecer Cabo Verde.

0