Luma Silva en DCN RECURSOS HUMANOS, Recursos Humanos, Técnicos de RH Supervisora 1/12/2016 · 1 min de lectura · +400

Quem sou eu??


Quem sou eu??

Quase nunca paramos para olhar dentro de nós mesmos. Por isso temos a dificuldade para dizer:  Quem sou eu??

Para se ter as qualidades necessárias e desejáveis, todo relacionamento deve começar num exercício interno... O Relacionamento Intrapessoal.

O conceito de Relacionamento Intrapessoal está diretamente ligado à capacidade de relacionar-se com suas próprias emoções e sentimentos. E por não dominar essa capacidade, muitas vezes não conhecemos de fato, muitas das nossas principais características.

A imagem que passamos aos outros é uma consequência do que somos, do que estamos buscando, do que queremos para nós e para os outros à nossa volta. Portanto, é da "conversa" que tenho comigo mesma e do conhecimento das minhas emoções que me comunico e estabeleço meus relacionamentos com as pessoas.

O Relacionamento Intrapessoal é um diferencial competitivo.

A integração do autodomínio e automotivação somados ao Relacionamento Interpessoal, que -é a forma como eu convivo com o outro, resulta no conceito de inteligência emocional.

O intrapessoal é a base do Interpessoal, ou seja, para que eu consiga lidar bem com o outro, seja no trabalho, na família ou entre amigos, é necessário que eu tenha conhecimento de como eu consigo lidar com meus próprios conflitos, emoções, frustrações... É administrar o meu eu... É o autoconhecimento já mencionado.

É muito natural avaliarmos o outro, questionarmos o comportamento e as atitudes do outro e até julgá-lo. Mas quantas vezes nós fizemos uma autoavaliação com o objetivo de melhorar nosso comportamento para com o outro?

Em tudo o que fazemos estamos nos relacionando. Mas devemos ser sábios e não negligenciar o principal                     relacionamento: o Relacionamento Intrapessoal.