"ISSO NÃO TE PERTENCE MAIS"

"ISSO NÃO TE PERTENCE MAIS"


Sua empresa tem uma história de sucesso e conquistas? E por que não conta?

Sua empresa é uma das maiores especialistas do segmento em que atua? E por que não divulga?

Sua empresa tem cases de sucesso incríveis? E porque que não compartilha?

Os executivos de sua empresa estão presentes nas redes sociais e trafegam pelos sites mais importantes da sua indústria? E por que seu site é tão amador e desatualizado?

Sua empresa tem o marketing como orientador para os negócios ou resume-se à criação de catálogos?

Sua empresa tem como objetivo principal bater as metas do mês ou construir relacionamentos sólidos baseados na confiança mútua?

Sua empresa sabe que ao menos 60% da jornada dos compradores em busca de soluções para as suas necessidades foram percorridas antes de consultar fornecedores?

Pois é, essas são perguntas que muitas empresas deveriam estar se fazendo hoje e ao invés disso, contratam e demitem vendedores, supervisores e gerentes, sem entender a verdadeira razão por não atingirem seus objetivos.

É claro que o fator humano, o vendedor empático, assertivo, organizado e dedicado, continua a fazer muita diferença.

Porém, em um mundo onde a informação chega ao comprador por todos os meios e a todo instante, sua empresa não pode se tornar uma “Ilustre Desconhecida”.

Então, o Marketing evoluiu e foi para melhor! Então, “bora lá” criar formas efetivas de contribuir para o conhecimento dos compradores sobre o seu negócio, antes que ele decida pela compra.

O fato é que os compradores e usuários, não conseguem se atualizar e dominar todos os assuntos e esteja certo que você será lembrado, se durante a jornada de compras, eles aprenderem algo importante através da colaboração de sua empresa.

Para ilustrar um pouco mais essa narrativa, gosto de dar um exemplo de um segmento de mercado em que atuei; o de tecnologia WLAN (Wireless Local Area Network), mais popularmente conhecida como Redes sem Fio.

Quando atuei como vendedor nesse segmento, pude perceber que muitos clientes, representados pelos profissionais de Infraestrutura de TI, estavam desatualizados em relação a esta tecnologia e mesmo eu não sendo um técnico, muitas vezes conhecia mais sobre a evolução desta tecnologia do que muitos técnicos.

O fato é que, como já mencionei antes, os profissionais, absorvidos por suas tarefas diárias, não têm tempo de se atualizarem sobre todos os assuntos e quando a demanda aparece, ficam sem rumo para buscar a melhor solução.

Um dia, pesquisando sobre concorrentes, deparei-me com um material incrível, de um concorrente recém chegado ao mercado, intitulado: “Guia do Comprador de WLAN”. Uma grande sacada de Marketing, que entendeu exatamente como funcionava a jornada do comprador. Ele precisava de ajuda e recebeu mais do que isso; recebeu um guia.

Então vamos lá, conte sua história, divulgue suas habilidades, entenda a jornada do cliente, compartilhe seus cases, construa relacionamentos e por favor, ponha o marketing para pensar e acompanhar seus vendedores na rua para entender como sua empresa pode contribuir efetivamente na solução dos problemas dos seus clientes e prospects.

Existem também muitas empresas competentes no mercado que podem ajudar sua empresa a desenvolver um projeto de Inbound Marketing.

Como diz o bordão de um personagem humorístico, não espere o mercado dizer para sua empresa: “Isso não te pertence mais”.


 Bons negócios e até a próxima!


Mario Sergio Barros Alves


Crédito Foto: Flickr




Ola @Adriana Bruno ! Obrigado pelo comentário.

0

Boas observações @Mario Sergio Barros Alves! Uma empresa deve SEMPRE valorizar seus méritos e fazer com que seu potenciais consumidores tomem conhecimento desses logros.

+1 +1