Nádia Moura en Recursos Humanos, Medicina - Saúde - Nutrição, Psicólogos Psicóloga • Consultório de Psicologia 10/10/2016 · 1 min de lectura · +300

Ver o que não está visível e ler nas entrelinhas...

Ver o que não está visível e ler nas entrelinhas...

A metáfora do iceberg diz que a ponta que está visível a todos, é muito menor em relação à parte que está submersa.

Sigmund Freud (o pai da Psicanálise), para explicar o funcionamento da mente humana comparou o aparelho psíquico ao iceberg, há uma parte visível e consciente que todos percebem, mas há outra, submersa e obscura, ainda desconhecida de todos e inconsciente que tenta se comunicar através das parapraxias (sonhos, atos falhos e lapsos).

Ver o que não está visível e ler nas entrelinhas. Trabalhar a subjetividade, ajudar e orientar na identificação dos símbolos e sinais que se revelam, mas que não é percebido com tanta facilidade. Todas essas são atribuições do profissional psicólogo, que busca fortalecer o sujeito, numa relação profunda e sigilosa, mergulhando junto com ele nessa parte submersa para promover o seu autoconhecimento! Busque-o.