Neto Montana en Poeme-se, beBee em Português, Escritores Produtor Artístico Autonômo (Autonomous artistic producer in Neto Montana Artistic Productions) • Neto Montana Produções Artísticas (Neto Montana Artistic Productions) 12/3/2018 · 1 min de lectura · +800

Guarda-chuva com ou sem chuva

Guarda-chuva com ou sem chuva

Seria um tanto incabível usar um guarda-chuva em uma situação de sol, numa manhã de verão com as nuvens bem abertas a mostrar o belo azul do céu. Situações podem ser preparativos, a fazer parte de um contexto de circunstâncias. Seria mais lógico usar um guarda-chuva numa situação tempestuosa diante correntes furiosas de água que vem em nossa direção, precavendo o infortúnio de molhar e estragar as vestimentas. Porém por outro lado se a tecla do 'automático' não tivesse já acionada a associada a estas situações, poderíamos ligar a outras e menos prováveis, no caso de uma pessoa usar um guarda-chuva pra se proteger dos raios ultra violetas. 

'Guarda-chuva com ou sem chuva', o
 que quero dizer com esse termo? é que temos a tendencia de associar automaticamente objetos ou coisas a determinadas situações, como se nossa cabeça fosse programada para dar respostas automáticas e lógicas. Daí pergunto. Será que nossa cabeça devido as circunstancias práticas do dia-a-dia se acostumo a tornar-se automática? Se observarmos com mais atenção a natureza, podemos encontrar 'detalhes' muitas vezes tão despercebidos e com respostas muito mais profundas e inteligentes do que apenas 'associar coisas com coisas'. A simplificação e a praticidade em demasia, pode deixar o cérebro viciado, e tornar as coisas mais literais pra não dizer óbvias, mas se observarmos com calma e cuidado podemos perceber que diante tanta simplicidade explícita há respostas muito mais profundas e complexas. 

Ser apenas automático pode ser um tanto perigoso, pois pode tirar a atenção das outras possibilidades do caminho, e levar a circunstâncias extremas. Porém se a vida é uma régua e suas bordas os extremos, os pesos tem que estar bem espalhados pois pode desregular a régua a torná-la uma balança desproporcional. Não podemos apenas enxergar as bordas, pois estaremos desconsiderando o centro e este centro pode ser o controle para que a régua fique sempre em harmonia.