Paulo César Lima en Engenheiros e Técnicos, Engineers and Technicians, Engenharia e Indústria Coordenador de Desenvolvimento de Ferramentais 14/11/2016 · 1 min de lectura · 1,3K

UMA SUGESTÃO PRÁTICA DE COMO IMPLEMENTAR UMA OPORTUNIDADE DE MELHORIA EM UMA CÉLULA OU LINHA DE PRODUÇÃO, PASSO A PASSO!

UMA SUGESTÃO PRÁTICA DE COMO IMPLEMENTAR UMA OPORTUNIDADE DE MELHORIA EM UMA CÉLULA OU LINHA DE PRODUÇÃO, PASSO A PASSO!

No dia a dia de trabalho, existem pequenas oportunidades de melhorias, que de tão simples, deixamos de lado, mas são essas oportunidades, que nos dão a possibilidade de aprender e colocar em prática esse aprendizado. Lógico que as empresas hoje, têm departamentos e profissionais altamente qualificados para implementar muitas grandes e complexas melhorias, mas nós hoje vamos focar nas pequenas, que podemos fazer nós mesmos, da célula ou linha de produção, os Líderes ou Supervisores junto com seus Colaboradores. Situações como essa, ajudam a fortalecer o trabalho em time, cria vínculos e motiva a enxergar e indicar tais oportunidades.

Esse artigo tem como objetivo apresentar o modelo de gestão de uma forma simples e direta.

Vamos lá:

Em uma reunião semanal de produção, verificou-se uma oportunidade de melhoria ou um comentário de uma situação que está desconfortável, discutido com o time, vamos definir os trabalhos:

Para essa definição, vamos adotar o PDCA, que deve ser utilizado por muitas empresas, onde temos  o P(planejamento), D(do – execução), C(check- verificação) e A(act- agir).

Bom, agora que sabemos o que queremos fazer e como vamos fazer, vamos partir para as ações!!

1º Passo:

Antes de qualquer coisa, segurança.

Junto com o time, levantar se a sugestão de melhoria está dentro do padrão ou norma interna de Segurança.

Como fazemos isso?  Temos que levantar indicadores chaves ou matriz de risco ou qualquer tipo de informação necessária que garanta que essa oportunidade de melhoria está conforme política de segurança. Sempre levantando o antes e o depois, evidenciando a ações realizadas referente a segurança.

2º Passo:

Agora, vem a parte do custo, pois melhoria também pode gerar redução de custo.

De uma maneira direta, tente levantar os dados ou quantificar o máximo de informações possíveis.

Novamente, como fazemos isso?  Mesmo conceito do passo 1, levantar o cenário atual, com o maior número possível de detalhes, para em seguida evidenciar as perdas que poderiam ser eliminadas ou reduzidas, para na sequencia deixar bem claro e definido como essa eliminação ou redução irá acontecer e aí nós teremos o nosso saving ou redução de custo.

Não se preocupe se perceber uma redução muito pequena, pois qualquer redução é sempre bem vinda e o ganho maior, será a motivação do trabalho em time e ver o projeto ganhando forma.

3º Passo:

Marketing é a alma do negócio.

Procure documentar  todas as informações levantadas para montar uma apresentação ou ter referências para futuras oportunidades de melhoria ou também uma forma de evidenciar e agradecer o esforço e trabalho do time.

Todos gostam de receber elogios e serem reconhecidos por um bom trabalho.

4º Passo:

Manutenção da melhoria.

Definido a melhoria, precisamos definir a manutenção dessa melhoria. Nessa fase, precisamos deixar claras as ações que irão manter a melhoria sempre em boas condições ou sempre monitorada.

Nada complicado, algo do tipo como um procedimento, se a melhoria foi uma limpeza, por exemplo, definir uma planilha de quem irá limpar e quando, ou se será necessário um check list a cada inicio de turno ou se determinada parte do equipamento terá que ter uma manutenção preventiva.

Tendo sempre a ideia de que essa fase é para garantir a continuidade da melhoria.

 Com esses passos simples e direcionados, podemos step by step, aprimorarmos nossos conceitos e a cultura de melhoria contínua estará implantado diretamente onde as coisas acontecem que é o chão de fábrica.  

https://www.linkedin.com/pulse/uma-sugest%C3%A3o-pr%C3%A1tica-de-como-implementar-oportunidade-lima?trk=pulse_spock-articles


Luciano Carmo 14/11/2016 · #2

Muito bom Paulo Césa. O programa PDCA é bem funcional e melhora muito o funcionamento da empresa.

+2 +2