Reginaldo Afonso Bobato in Poesia, Redatores, Escritores Escritor político-filosófico-poético • Eu mesmo no Face book Aug 25, 2019 · 1 min read · +100

Amazônia

Amazônia

Oh! Intocável Amazônia, tua exuberância é frágil aos olhos da cobiça, Não deixe que te derrubem e que te maltratem.

Há uma singularidade em ti, você é a floresta.

A fauna e a flora que você protege muito ainda faltam para se catalogar, basta ao homem paciência e delicadeza para te estudar.

Amazônia

Oh! Intocável Amazônia, tua exuberância é frágil aos olhos da cobiça, Não deixe que te derrubem e que te maltratem.

Há uma singularidade em ti, você é a floresta.

A fauna e a flora que você protege muito ainda faltam para se catalogar, basta ao homem paciência e delicadeza para te estudar.

Amazônia

Oh! Intocável Amazônia, tua exuberância é frágil aos olhos da cobiça. Não deixe que te derrubem e que te maltratem.

Há uma singularidade em ti, você é a floresta.

A fauna e a flora que você protege muito ainda faltam para se catalogar, basta ao homem paciência e delicadeza para te estudar.

Amazônia

Oh! Intocável Amazônia, tua exuberância é frágil aos olhos da cobiça. Não deixe que te derrubem e que te maltratem.

Há uma singularidade em ti, você é a floresta.

A fauna e a flora que você protege muito ainda faltam para se catalogar, basta ao homem paciência e delicadeza para te estudar. Autor Reginaldo Afonso Bobato


Amazônia

Amazônia

Oh! Intocável Amazônia, tua exuberância é frágil aos olhos da cobiça. Não deixe que te derrubem e que te maltratem.

Há uma singularidade em ti, você é a floresta.

A fauna e a flora que você protege muito ainda faltam para se catalogar, basta ao homem paciência e delicadeza para te estudar.

Amazônia

Oh! Intocável Amazônia, tua exuberância é frágil aos olhos da cobiça. Não deixe que te derrubem e que te maltratem.

Há uma singularidade em ti, você é a floresta.

A fauna e a flora que você protege muito ainda faltam para se catalogar, basta ao homem paciência e delicadeza para te estudar.

Amazônia

Oh! Intocável Amazônia, tua exuberância é frágil aos olhos da cobiça? Não deixe que te derrubem e que te maltratem.

Há uma singularidade em ti, você é a floresta.

A fauna e a flora que você protege muito ainda faltam para se catalogar, basta ao homem paciência e delicadeza para te estudar.

Amazônia

Oh! Intocável Amazônia, tua exuberância é frágil aos olhos da cobiça. Não deixe que te derrubem e que te maltratem.

Há uma singularidade em ti, você é a floresta.

A fauna e a flora que você protege muito ainda faltam para se catalogar, basta ao homem paciência e delicadeza para te estudar.

Amazônia

Oh! Intocável Amazônia, tua exuberância é frágil aos olhos da cobiça. Não deixe que te derrubem e que te maltratem.

Há uma singularidade em ti, você é a floresta.

A fauna e a flora que você protege muito ainda faltam para se catalogar, basta ao homem paciência e delicadeza para te estudar. Autor Reginaldo Afonso Bobato